Não está com tempo de ler? Ouça este conteúdo.

Por Lucas Mendes, para o TechTudo


O iPhone 8 foi apresentado pela Apple em setembro de 2017, ao lado do iPhone 8 Plus (sua versão maior) e do iPhone X. Na ocasião, celular reuniu alguns recursos que agradaram bastante os usuários: resistência à água, câmera com ótima qualidade, 3D Touch e recarga sem fio, por exemplo. Pensando nesses pontos, o TechTudo preparou uma lista com oito motivos para não se desfazer do smartphone fabricado pela Apple.

Vale lembrar que o iPhone 8 também acabou marcando o fim de uma era: desde então, todos os outros smartphones apresentados pela Apple contam com bordas finas e desbloqueio por reconhecimento facial.

iPhone 8, 8 Plus e X: preço e especificações dos lançamentos da Apple

iPhone 8, 8 Plus e X: preço e especificações dos lançamentos da Apple

1. Câmera de alta qualidade

A câmera do iPhone 8 é um dos pontos altos do aparelho. O celular conta com um sensor único de 12 megapixels na câmera traseira, com abertura f/1.8. O smartphone também oferece flash de quatro LEDs, zoom digital de até 5x, além de estabilização óptica para fotos e vídeos. O dispositivo de 2017 grava em 4K com 24 fps, 30 fps ou 60 fps. Na prática, esses números são capazes de garantir imagens de boa qualidade, mesmo em condições menos favoráveis.

O mesmo vale para a câmera frontal, para aqueles que gostam de tirar sefies. O iPhone 8 tem 7 megapixels e faz gravações de vídeo em Full HD a 30 fps na lente da frente, com abertura f/2.2 e flash Retina. De modo geral, como o resultado praticado pelo iPhone 8 é muito bom, trocar por uma versão mais atual apenas por isso pode não ser tão necessário no dia a dia.

2. iOS atualizado

Manter o sistema operacional atualizado é uma das características mais marcantes da Apple. Diferentemente do que ocorre em outras fabricantes, a companhia da maçã tem a fama de continuar disponibilizando os updates para o iOS até mesmo para os smartphones um pouco mais antigos. O iOS 12, por exemplo, está disponível para o iPhone 5S em diante.

Levando em consideração que o iPhone 8 foi lançado em 2017 junto com o iPhone X, a expectativa é que o smartphone continue recebendo as atualizações para o SO durante um bom tempo, garantindo que o uso do aparelho continue sendo otimizado ao longo dos anos.

3. Resistente à água, assim como os sucessores

Outro ponto que pesa a favor do iPhone 8 é a resistência à água. Segundo a Apple, o celular pode ficar submerso até 1 metro durante 30 minutos. Isso se deve à classificação IP67, que também está presente no iPhone XR, iPhone X, iPhone 8 Plus, iPhone 7 e no iPhone 7 Plus.

A título de comparação, apenas os iPhone XS e iPhone XS Max têm a classificação IP68, mais poderosa. Mas a diferença na prática não é muita: resistência à uma profundidade máxima de 2 metros por até 30 minutos – ou seja, apenas 1 metro a mais que o que o iPhone 8 já suporta.

4. Manutenção do 3D Touch

O 3D Touch chegou aos aparelhos da Apple a partir dos iPhone 6S e iPhone 6S Plus com a proposta de acessar rapidamente as funções mais importantes dos apps. Dessa forma, o usuário ganharia mais agilidade no dia a dia.

O iPhone XR, versão mais barata entre os novos iPhones, não oferece essa função, podendo causar um pouco de frustração para os usuários que utilizam o recurso. Dessa forma, caso a pessoa esteja bem adaptada ao 3D Touch, essa ausência pode acabar se tornando um ponto negativo.

5. Recarga sem fio

Na época do lançamento, o iPhone 8 chamou a atenção pela presença de recarga sem fio. Com ele, o usuário precisa apenas posicionar o iPhone sobre o dispositivo para que a bateria volte a se energizar. Essa opção também está presente nos iPhones mais recentes, sem grandes novidades.

6. Mais compacto

A Apple oferece uma edição Plus, com tela maior, desde o iPhone 6. Também foi assim com iPhone 6S, iPhone 7 e iPhone 8. No entanto, a leva mais recente é composta só por produtos grandalhões – as dimensões de iPhone XR, XS e XS Max pode não agradar a alguns usuários.

Dentre as opções mais compactas da Apple, o iPhone 8 é o aparelho mais recente e com ficha técnica mais robusta. As dimensões são as seguintes: 138,4 x 67,3 x 7,3 mm. Pesa 148g.

7. Ausência do botão Home

A ausência do botão Home foi uma das principais mudanças recentes em dispositivos da Apple. A partir do iPhone X, lançado junto com o iPhone 8, nenhum outro celular da marca conta com o famoso botão localizado na parte frontal do smartphone.

Apesar da tela mais ampla ter suas vantagens e recursos de usabilidade interessantes, os usuários que estão acostumados com o tradicional botão podem ter problemas para se adaptar à nova realidade. Dessa forma, caso isso realmente seja uma questão para você, trocar o iPhone 8 por um aparelho mais moderno pode trazer dores de cabeça durante o período de adaptação.

8. Alto preço dos outros iPhones

Por fim, mas não menos importante, estão os valores elevados de modelos mais recentes. Atualmente, o iPhone 8 pode ser comprado no site oficial da Apple por R$ 3.999, enquanto a versão mais barata do iPhone XR custa R$ 5.199. Ou seja, uma diferença de R$ 1.200. Os números só aumentam: iPhone XS Max (com tela maior) pode sair a R$ 9.999.

iPhone XS, iPhone XS Max e iPhone XR: Apple faz lançamento de celulares

iPhone XS, iPhone XS Max e iPhone XR: Apple faz lançamento de celulares

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.