Não está com tempo de ler? Ouça este conteúdo.

Por Victor de Abreu, para o TechTudo


League of Legends (LoL) é um dos principais jogos no cenário dos esports. Para manter o ambiente competitivo saudável, a desenvolvedora Riot Games tem um FAQ que estabelece regras sobre a conduta dos jogadores. Aqueles que quebram essas normas podem ter suas contas suspensas ou banidas para sempre. As infrações são descobertas graças ao monitoramento da Riot, que armazena os dados do chat e conta com a ajuda da comunidade para punir os infratores. Relembre, a seguir, cinco pro players que desrespeitaram o FAQ do LoL e foram banidos do game.

Li "Vasilii" Wei-Jun

O jogador chinês Li "Vasilii" Wei-Jun, que teve passagens por grandes times como LMQ e Vici Gaming, está atualmente banido de todas as competição de League of Legends. Motivo? Em 2017, após perder uma partida durante uma stream, o jogador agrediu a sua namorada fisicamente. Os espectadores acompanharam o caso de violência ao vivo e, após alguns minutos, a polícia chegou na casa de Vasilii para levá-lo à delegacia. As consequências do crime cometido pelo pro player vieram rápido. A Newbee, time em que o jogador atuava na época, o demitiu e a Riot o suspendeu de todos os torneios do game até janeiro de 2020.

Cyrill "Likkrit" Malofeev

Famoso no Brasil após participar do IWC 2016, o russo Cyrill "Likkrit" Malofeev recebeu duas suspensões em sua carreira. Na primeira, quando já atuava pela M19, ele foi banido por três jogos da LCL 2017, liga de LoL da Comunidade dos Estados Independentes, por comportamento tóxico. Na segunda situação, também em 2017, o jogador falou em stream a respeito dos problemas enfrentados pelos jogadores na liga de sua região. Segundo a Riot Games, o jogador difamou a desenvolvedora e ofendeu seus companheiros no competitivo. Por conta disso, ele recebeu punição de seis meses. Após o caso, Likkrit optou por encerrar sua carreira de vez.

Nicolaj "Jensen" Jensen

Um dos bans mais famosos no cenário de LoL é o do dinamarquês Nicolaj "Jensen" Jensen, conhecido antigamente como Incarnati0n e um dos melhores da SoloQ europeia. Em 2013, antes de assinar contrato com a Cloud9, Jensen foi banido permanentemente do competitivo por conta de diversas infrações, que incluíam comportamento tóxico, compartilhamento de contas e DDOS. Seu banimento foi discutido em 2014, mas só em 2015 a Riot Games o liberou para voltar à cena.

Yu "XiaoWeiXiao" Xian

O chinês Yu "XiaoWeiXiao" Xian foi descoberto em um esquema de Elo Boosting em 2015. O caso veio à público depois que mensagens trocadas entre o pro player e um jogador casual vazaram. Na conversa, XiaoWeiXiao negocia seus serviços para elevar o elo do outro usuário. A prática é proibida pela desenvolvedora, que suspendeu o jogador do competitivo por sete meses. O atleta tem passagens por times como o Royal Club, Team Impulse e LMQ.

Lucas "Krow" Rabaça

A cena brasileira também já teve caso de bans no LoL. Uma delas ocorreu durante um jogo na Segunda Etapa do CBLoL 2015, entre g3nerationX e Keyd Stars. De acordo com a Riot Games, na ocasião o Caçador Lucas "Krow" Rabaça fez um comentário ofensivo direcionado para a Keyd. A desenvolvedora suspendeu Krow até o fim da primeira etapa do CBLoL 2016. Vale lembrar que em 2014 Krow já havia sido banido por um ano do competitivo, depois de se envolver em um escândalo de elojob. Após a segunda suspensão, o jogador optou pela aposentadoria.

Quer comprar celular, TV e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

Nunca jogou LoL? Saiba como mandar bem em sua primeira partida

Nunca jogou LoL? Saiba como mandar bem em sua primeira partida

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.