Não está com tempo de ler? Ouça este conteúdo.

Por Carolina Ribeiro, para o TechTudo


Circula no WhatsApp, desde a última segunda-feira (19), uma falsa promoção que usa o nome da companhia aérea LatAm para divulgar passagens com desconto na Black Friday 2018. Os bilhetes são oferecidos com baixíssimo custo, como o trecho Guarulhos x Miami por apenas R$ 19. Ao clicar no link, usuários são direcionados para um site falso e levados a preencher os campos com seus dados pessoais. O golpe foi descoberto pela Kaspersky Lab, mas, até o momento, não há informações sobre a quantidade de vítimas.

Quer comprar celular, TV e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

Esse golpe usa o mesmo método das demais ameaças que ocorrem dentro do WhatsApp. Os criminosos levam em consideração o acesso (Wi-Fi ou 3G), a localização do usuário, o idioma e o sistema operacional (Android ou iOS).

Para efetuar o golpe, os cibercriminosos lançaram no domingo (18) o domínio “voedelatam.com/blackfriday”, um site falso para os usuários buscarem passagens aéreas da LatAm com a falsa promessa de ganhar descontos em viagens e até mesmo uma segunda passagem grátis.

Na página aparece a opção de escolher a cidade de origem e a de destino, além da data de ida e a classe do voo (econômica, por exemplo). Em seguida, o site mostra os dados do voo, como companhia, partida e quantidade de escalas.

Quando o usuário clica no botão “Reservar”, aparece uma mensagem informando que é necessário compartilhar a promoção com 20 contatos no WhatsApp para concluir a reserva. Dessa forma, os cibercriminosos conseguem atingir mais pessoas. Ainda nessa mesma página, há também um campo em branco para o usuário digitar o seu e-mail com a desculpa de que a empresa irá mandar a reserva em até 1 hora. Com isso, os golpistas podem usar esses dados para enviar vírus ou até mesmo vender a lista para phishers e spammers.

Os golpes pelo WhatsApp podem direcionar o usuário para um site com muita propaganda com o objetivo do criminoso ganhar dinheiro com a visualização dos anúncios. Outra ameaça é a pessoa baixar um app legítimo para o golpista lucrar com cada instalação. Também pode ser o caso de instalar um aplicativo malicioso que coleta dados pessoais da vítima. Além disso, o usuário pode cair no golpe de informar o número do celular para fazer cobranças posteriormente em serviços premium.

Como se proteger?

A Black Friday Brasil 2018 acontece no dia 23 de novembro, com promoções tentadoras que podem chegar até 80% de desconto, inclusive passagens aéreas por um preço bem mais em conta. Mas é preciso ficar atento aos golpes virtuais, que costumam ser mais frequentes durante esse período.

Há algumas formas de se prevenir. Para a Kaspersky Lab, empresa produtora de softwares de segurança, o usuário precisa ficar atento aos links desconhecidos para não baixar um malware, por exemplo. Outra dicar é desconfiar de ofertas no Facebook e buscar o produto anunciado no próprio site do varejista. Além disso, consultar a lista do PROCON e o Registro.br em casos de descontos em sites desconhecidos.

WhatsApp: cinco dicas para usar o app com segurança

WhatsApp: cinco dicas para usar o app com segurança

O que você quer que esteja mais barato na Black Friday? Deixe sua opinião no Fórum do TechTudo.

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.