Não está com tempo de ler? Ouça este conteúdo.

Por Julio Puiati, para o TechTudo


Cláudio ''Henrykinho'' Mesquita é o grande campeão do e-Brasileirão 2018 de Pro Evolution Soccer (PES 2019). O representante do Cruzeiro faturou o bicampeonato após bater Alan Leal, do Botafogo, pelo placar agregado de 5 a 3. Com o título, o atleta mineiro recebeu R$ 20 mil em premiações e carimbou vaga para uma das etapas continentais da PES League. Os jogos foram disputados na sede da CBF com transmissão ao vivo do SporTV.

Na partida de ida, Henrykinho dominou as ações do jogo, marcou 4 a 1 e foi com vantagem confortável para o duelo de volta, com direito a grandes atuações de Fred e De Arrascaeta. No segundo confronto, Alan Leal não facilitou para o mineiro. O representante do Botafogo brilhou com o atacante Kieza e até venceu o cofronto por 2 a 1. A performance, no entanto, não foi o suficiente para evitar a derrota no placar geral.

O cruzeirense foi o líder da chave 2 na fase de grupos. Henrykinho venceu três partidas, empatou uma e terminou a etapa com 10 pontos conquistados. Nos playoffs, superou Leonardo "Jambock" (Flamengo) e João Victor "AmigoPES" (Ceará), de apenas 14 anos de idade, para chegar à grande decisão. João foi o atleta mais novo da história a disputar o torneio.

Alan Leal também liderou a sua chave. A exemplo de Henrykinho, o botafoguense acumulou três vitórias e um empate para avançar ao mata-mata. Nos confrontos eliminatórios, o representante do Fogão deixou para trás Guilherme ''GuiFera'' Fonseca (Santos) – campeão da PES League 2017 e Rudy_Lucas (Atlético-PR).

O Brasil inteiro na disputa

O e-Brasileirão 2018 foi dividido em três etapas: eliminatórias online, qualificatórias presenciais e a grande final. Na primeira fase, 18.263 jogadores se inscreveram para as seletivas dos 20 clubes que estão na série A do Campeonato Brasileiro de futebol. Foram mais de 10 mil partidas online disputadas no console PlayStation 4.

Os sobreviventes avançaram à etapa presencial, realizada nos estádios dos times participantes, como Beira Rio (Internacional), Independência (América-MG) e Fonte Nova (Bahia). Os jogos, disputados no sistema melhor de um (MD1), definiram, finalmente, o representante de cada agremiação.

A primeira edição do campeonato organizado pela CBF foi vencida por GuiFera em 2016. Naquela ocasião, o craque do Santos venceu Henryquinho, do Cruzeiro, por 5 a 4 na final. Em 2017, foi a vez do mineiro triunfar. Henryquinho atropelou Valber Mendes, do Atlético-GO, por 4 a 0 e se sagrou campeão da segunda edição.

Fifa ou PES: qual é o melhor? Comente no Fórum do TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.