Não está com tempo de ler? Ouça este conteúdo.

Por Tainah Tavares*, de Tokyo, Japão


A Vivo Keyd é o Brasil e a América Latina nas finais da Clash Royale League 2018. A organização brasileira venceu a etapa LATAM da competição e agora está prestes a defender sua camisa na decisão mundial do torneio, que acontece neste sábado (1). Para acompanhar a disputa, o TechTudo foi até Tókio, no Japão, local que será palco da final da CRL. Em coletiva de imprensa, os atletas da Keyd foram otimistas. “Nós estamos muito excitados para jogar contra os melhores times do mundo", disse o jogador Gabriel "Gabo" Alderete López.

A declaração de Gabo vem em um momento delicado para a Vivo Keyd. Na última quarta-feira (28), a org informou que o jogador Juan Pablo "Arima" Lópoez Resrepo e o técnico brasileiro Notorius não conseguiram seus vistos japoneses e por isso vão desfalcar a equipe na competição.

“Depois que nós descobrimos que eles não estariam aqui continuamos treinando muito para tentar compensar a ausência deles. Estamos prontos e confiantes”, declara Gabo. A line up original da Vivo Keyd conta com os mexicanos Gabo e Hugo Octavio "kiki" Abonza, o espanhol Francisco "Javi14" Javier Rodríguez e o colombiano Arima.

O desafio da Vivo Keyd nesta final vai além de manter o bom desempenho. Isso porque o torneio mundial de Clash Royale de 2017, o Crown Championship, coroou o mexicano Sergio "Sergioramos:)" Ramos campeão. Agora, cabe à Keyd manter o troféu de “melhor do mundo” na América Latina. “Estar aqui representando o continente nos faz querer continuar esse trabalho e vencer esse ano novamente. É um prazer representar a região LATAM aqui no mundial”, declarou Javi14. O pro player, que é a grande estrela da Keyd, brinca nos bastidores da CRL aos falar diversas palavras em português.

De onde vem todo esse vocabulário? Certamente da convivência com o treinador brasileiro Notorius. “Nós tivemos problemas de comunicação no início, porque nosso técnico é de outro país e fala outra língua. Mas já estamos juntos há alguns meses, e depois disso ele começou a aprender espanhol e a gente português”. Apesar da line up da Vivo Keyd não ter nenhum jogador brasileiro, os atletas conquistam o público verde-amarelo com a simpatia. “Muito obrigado”, disse Javi14 em português para a imprensa brasileira ao fim da conversa.

As partidas da final da CRL vão acontecer neste sábado (1), a partir das 00:00 no horário brasileiro de verão. Todos os jogos serão transmitidos ao vivo em português no canal oficial do Clash Royale no YouTube. Além do título, os times brigam pelo prêmio total de U$ 1 milhão (cerca de R$ 3,85 milhões em conversão direta).

Clash Royale é um jogo mobile grátis disponível para baixar em Android e iPhone (iOS). Desenvolvido pela Supercell, o título é uma mistura de MOBA e card game. Com um deck de oito cartas a sua disposição, você precisa colocar o máximo possível de torres inimigas no chão. Caso consiga destruir a Torre do Rei adversário, o cronômetro da partida é zerado e o jogador vence. Clash foi lançado em 2016 e na época foi sucesso total: o game bateu recorde de downloads e superou o “fenômeno” de Pokémon GO.

*A jornalista viajou a convite da Supercell

Quer comprar celular, TV e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

Clash Royale: cinco dicas para jogar melhor

Clash Royale: cinco dicas para jogar melhor

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.