Não está com tempo de ler? Ouça este conteúdo.

Por Bruno Martins, para o TechTudo


As lan houses gamer foram um verdadeiro fenômeno dos anos 90 e 2000. Como na época a Internet no Brasil ainda era cara e de baixa qualidade, o serviço tornou-se popular ao oferecer boa conexão e diversos jogos, como CS 1.6 e Need For Speed. O sucesso das casas impulsionou, inclusive, o crescimento e desenvolvimento dos torneios de esports. Veja, a seguir, quatro curiosidades sobre as lan houses e o cenário competitivo dos jogos eletrônicos.

1 - Berço dos maiores jogos dos esports

Diversos jogos de sucesso nos esports conquistaram o público casual nas lan houses dos anos 90 e 2000. Um dos games mais emblemáticos dessa geração é o Counter-Strike (nas versões 1.5 e 1.6). O título estava presente em praticamente todas as lan houses do Brasil, marcou presença no competitivo e a franquia continua viva até hoje com Counter Strike: Global Offensive (CS:GO).

Além do FPS da Valve, DotA 2, World of Warcraft tinham presença garantida nas lan houses. StarCraft, jogo de RTS da Blizzard, também fez sucesso e continua vivo até hoje no cenário competitivo. No universo dos simuladores de futebol, vale citar a franquia PES.

Impulsionamento do esporte eletrônico

Jogar casualmente em lan houses era algo muito comum. O hábito, no entanto, impulsionou o surgimento dos esports e transformou o que era apenas diversão em um trabalho. Assim, diversas lan houses do Brasil e do mundo começaram a produzir torneios, iniciativa importante para o desenvolvimento dos esports nos anos 2000.

No Brasil, um caso emblemático é o da rede de lan houses Monkey Paulista. A franquia começou a produzir torneios de CS na sua matriz e, com o sucesso dos eventos, levou as competições para as suas demais lojas.

Palco de grandes torneios

Fazer torneios em lan houses tornou-se um negócio lucrativo e tendência. Assim, os campeonatos que começaram a surgir no início dos anos 2000 deram certo e cresceram na década seguinte. Um exemplo é o da lan house MAX5, que em 2016 realizou o MAX5 Invitational. A competição contou com a participação de grandes equipes do cenário de Counter-Strike: Global Offensive e teve prêmio total de mais de R$ 38 mil.

O torneio foi vencido pela Luminosity Gaming, que na época contava com os jogadores Gabriel “FalleN” Toledo, Marcelo "coldzera" David, Epitácio “TACO” de Melo e Lincoln "fnx" Lau. Posteriormente, esses mesmos atletas ganharam o mundo e conquistaram os maiores títulos do CS:GO para o Brasil.

Lan houses hoje em dia

Apesar das lan houses não serem vistas no Brasil com a mesma frequência do início da década de 2000, elas ainda existem por aqui. Com a popularização da Internet, as casas foram obrigadas a se renovarem e oferecerem outros tipos de serviços. Nesse sentido, os esports foram vistos como uma oportunidade para os estabelecimentos, que continuaram a promover torneios e passaram oferecer estruturar para bootcamps de times.

O Rocketz Space, localizado em São Paulo, por exemplo, se autointitula um gaming center e oferece diversos tipos de comodidades, como realização de bootcamps. Já a Max Arena (antiga MAX5), ainda disponibiliza os serviços tradicionais das lan house, além de ser palco de diversos eventos do mundo competitivo.

Fora do Brasil não é diferente. Na Coréia do Sul, os chamados PC Bangs, estabelecimentos focados em jogos online, são muito populares e vivem cheio de pessoas jogando League of Legends, o game mais popular no país. Em Estocolmo, na Suécia, a Inferno Online é considerada a maior lan house do mundo. A gaming center também tem jogos disponíveis para os clientes, abriga uma sala de treinamento e bootcamp e ainda tem um espaço para a realização de campeonatos: a Stockholm E-sport Arena.

Via League of Legends, Liquipedia, G1 e Bczzfps

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.