Não está com tempo de ler? Ouça este conteúdo.

Por Victor de Abreu, para o TechTudo


O All-Star 2018, de League of Legends (LoL), chegou ao fim neste domingo (9) em Las Vegas, nos Estados Unidos. O último evento da temporada 2018 reuniu jogadores profissionais e produtores de conteúdo de todas as regiões competitivas do game. O objetivo era fazê-los participar de diversos modos de jogo para o entretenimento dos espectadores, dar mais atenção às rivalidades regionais e também realizar doações para instituições de caridade escolhidas pelos jogadores.

O Brasil teve representantes no evento: Felipe "brTT" Gonçalves, Rafael "Rakin" Knittel, Felipe “YoDa” Noronha e Flávio “Jukes” Fernandes, sendo os dois primeiros escolhidos via votação aberta e a outra dupla convidada pela Riot Games para participar. A seguir, descubra como foram as atuações de cada um no All-Star.

Quer comprar celular, TV e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

Torneio 1v1

O tradicional torneio de um contra um retornou para a edição de 2018. Os jogadores brTT e Rakin foram os representantes do Brasil nessa categoria, mas ambos enfrentaram adversários complicados na primeira fase e foram eliminados precocemente. Em um duelo de atiradores, brTT escolheu a Miss Fortune para enfrentar a Neeko de Yiliang "Doublelift" Peng e foi derrotado no confronto. Já Rakin acabou perdendo em uma mirror match de Draven contra o Caçador sul-coreano Han "Peanut" Wang-ho.

O campeão foi o Meio da Fnatic Rasmus "Caps" Winther, que derrotou a grande surpresa do evento, o Caçador australiano Jackson "Pabu" Pavone, na grande final para levar a taça.

Torneio Beneficente 2v2

Dezesseis duplas participaram de um torneio beneficente no All-Star. A dupla vencedora teve como prêmio a realização de uma doação para uma entidade da escolha de ambos os jogadores. Pelo Brasil, sob o nome de "RX O TRAB", brTT e Yoda enfrentaram a dupla sul-coreana Lee "Faker" Sang-hyeok e Kang "Captain Jack" Hyung-woo na primeira fase.

Apesar da dificuldade da partida, os brasileiros tinham a vitória em suas mãos, mas deixaram escapá-la quando faltava poucos minions para finalizar o jogo. Faker brilhou com seu Alistar em um dive, Captain Jack acreditou na chamada, e ambos conseguiram eliminar o Brand de brTT para assegurar a vitória.

Modos de jogo alternativos com equipes mistas

No primeiro dia, Rakin e brTT fizeram suas participações nos modos de jogo alternativos. O primeiro participou de uma Blitz do Nexus ao lado de nomes como o chinês Jian "Uzi" Zi-Hao e o chileno Sebastián "Tierwulf" Mateluna, mas acabaram derrotados pelo time adversário liderado por Faker.

No mesmo dia, brTT fez uma participação ao lado de Doublelift no Modo Carruagem – em que um jogador utiliza do mouse e o outro usa apenas o teclado. Com o Draven, ambos ajudaram seu time a buscar a vitória em um jogo com exatos 100 abates. Já no segundo dia, foi a vez de Jukes fazer a sua participação no evento. Ao lado de Rakin, ele participou do Modo Carruagem com o campeão Jax e acabou conquistando a vitória também.

Oriente vs Ocidente

Para finalizar a participação brasileira no All-Star, um pouco de rivalidade entre os países do Oriente e os países do Ocidente. Ao todo, foram três jogos entre as regiões, e os brasileiros tiveram participação em dois deles. O primeiro foi Rakin, que, atuando de Suporte com seu Thresh, foi um dos protagonistas de um jogo bastante confuso, atrapalhado e cheio de viradas por parte de ambos os times. No final, quem levou a melhor foi o Oriente, que venceu após quase 40 minutos de partida e mais de 100 abates.

A última participação do Brasil no evento foi de brTT. O Atirador brasileiro jogou na rota do Topo em um time formado por outros dois atiradores, Doublelift e Zachary "Sneaky" Scuderi. O resultado foi um jogo com poucas emoções e dominado pela equipe formada por jogadores do Oriente. Com essa vitória, o Oriente superou o Ocidente por duas vitórias a uma no total.

Via LoLsports

Como resolver os problemas de League of Legends? Confira no Fórum do TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.