Por Paulo Alves, para o TechTudo

10/02/2019 06h20 Atualizado 2019-02-10T08:20:41.596Z


O Galaxy J6 Plus é um celular da Samsung que esteve entre os mais buscados mais pesquisados nas primeiras semanas de janeiro, segundo o comparador de preços Zoom. Com lançamento no Brasil em novembro de 2018 por R$ 1.400, o smartphone teve queda de preço e já pode ser encontrado na faixa dos R$ 850 em lojas online.

Embora a ficha técnica inclua apenas 32 GB de armazenamento, o celular pode ser uma boa opção para usuários que gostam de tela grande e querem gastar menos de R$ 1.000. No entanto, nem todas as suas características podem agradar, como você vê nas linhas a seguir.

PONTOS POSITIVOS

1. Câmera dupla

O Galaxy J6 Plus é o celular mais barato da Samsung com câmera dupla. O aparelho conta com dois sensores fotográficos na traseira: um de 13 megapixels para uso corriqueiro e um auxiliar de 5 MP para detectar profundidade de campo. A função da câmera secundária é permitir a aplicação mais eficaz do efeito bokeh, que borra o fundo para destacar o sujeito em primeiro plano. Na frente, o telefone traz uma câmera de 8 MP com flash LED que tende a ser suficiente para tirar selfies e postar nas redes sociais.

2. Tela grande

O J6 Plus é indicado para quem gosta de tela grande para assistir a vídeos no celular. O painel tem 6 polegadas, o suficiente para exibir imagens em grandes proporções e deixar a navegação na web mais confortável quando o modo desktop está ativado no Google Chrome. Além disso, a proporção mais alongada ajuda a reduzir as bordas para melhorar a sensação de imersão.

É importante ressaltar que o aparelho ainda conta com espaços vazios consideráveis abaixo e acima do display. A tela ocupa pouco menos que 74% da superfície frontal do aparelho, taxa maior do que o antecessor Galaxy J5 Pro, mas ainda bem abaixo do Galaxy S9 e outros celulares mais avançados da marca.

3. Sistema atualizado

O Galaxy J6 Plus sai de fábrica com o Android 8.1 (Oreo), com os recursos mais conhecidos do software da Samsung, como Dual Messenger, Pasta Segura, e outros presentes no S9 e demais celulares premium.

O telefone também está na fila para receber atualização para o Android 9 (Pie): segundo a fabricante, o update chega ao aparelho em maio de 2019. A expectativa é que o novo sistema traga novidades de design com a interface OneUI, que deverá estrear primeiro no aguardado Galaxy S10.

PONTOS NEGATIVOS

1. Qualidade do display

Apesar de grande, a tela do Galaxy J6 Plus não está entre as melhores construídas pela Samsung. O painel é feito com tecnologia TFT, reconhecida por entregar menor gama de cores que o bem-sucedido Super AMOLED. Além disso, o display tem resolução apenas HD+ (720 x 1480 pixels), considerada baixa para os padrões atuais. O concorrente Moto G6 Plus, por exemplo, tem tela de tamanho similar com definição Full HD+ (1080 x 2160 pixels).

2. Fotos noturnas

O Galaxy J6 Plus tende a não entregar boas fotos em ambientes escuros. O aparelho tem lentes de abertura f/1,9, que não deixa passar tanta luz e, por isso, oferece melhor desempenho quando o cenário está ensolarado ou conta com b

... oa iluminação artificial. Nesse ponto, o J6 Plus fica atrás do antecessor J5 Pro, que não tinha câmera dupla, mas oferecia abertura maior, de f/1,7.

3. Entrada micro USB

Enquanto a indústria de celulares migra para o padrão USB-C, a Samsung optou por permanecer com micro USB em alguns de seus aparelhos intermediários. Esse é o caso do Gaaxy J6 Plus, que traz porta no padrão antigo, não-reversível e sem compatibilidade com acessórios modernos. No entanto, a conexão pode ser uma vantagem se você tem muitos cabos USB convencionais em casa: caso não esteja com o carregador oficial por perto, qualquer um serve como sobressalente.

Via Samsung



>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.