Não está com tempo de ler? Ouça este conteúdo.

A cidade do Rio de Janeiro vai receber inova??es tecnol?gicas, com uma base de redes, a fim de conectar a comunidade para as Olimp?adas de 2016. A Cisco, empresa dedicada a Internet das coisas, ? a respons?vel pelo projeto que vai tornar o munic?pio carioca mais smart para as competi??es. A proposta ? trazer para o Rio solu??es para melhorar a gest?o da cidade e a efici?ncia dos servi?os p?blicos durante os Jogos Ol?mpicos, o que deve otimizar o trabalho das autoridades locais cariocas.

?Internet das Coisas?: entenda o conceito e o que muda com a tecnologia

Rodrigo Uch?a, diretor de novos projetos da Cisco (Foto: Carol Danelli/TechTudo)Rodrigo Uch?a, diretor de novos projetos da Cisco (Foto: Carol Danelli/TechTudo)
N?s queremos tornar o Rio uma cidade smart, onde as pessoas tenham mais acesso a tecnologia, um lugar com uma maior conectividade
Rodrigo Uch?a

Segundo o diretor de novos projetos da Cisco, Rodrigo Uch?a, a preocupa??o ? oferecer uma base de redes e seguran?a dentro e fora das instala??es esportivas. "Vamos gerar ambientes seguros, pois sabemos que grandes eventos recebem atentados cibern?ticos. Todas as aplica??es receber?o a tecnologia Cisco", afirma. Essas instala??es, chamadas de "venues", podem ser tanto instaladas nas arenas onde ocorrer?o as competi??es, como tamb?m em ?reas comuns da cidade como hospitais e aeroportos.?

Sete mil pontos de acesso Wi-Fi

Os equipamentos chegar?o no Rio ainda em 2015. Ser?o mais de 12 mil dispositivos de rede: 100 mil portas de rede LAN, 150 equipamentos firewall e NGIPS (Next Generation IPS), 500 servidores e sete mil pontos de acesso Wi-Fi. Em 2014, a empresa forneceu os equipamentos para a montagem de dois Data Centers, um em S?o Paulo e outro no Rio, que ir?o abrigar os dados e os servi?os de tecnologia para os jogos. Em maio come?am as instala??es para abrigar os testes que come?am no segundo semestre.?

Legado hightech

Para o presidente da Cisco do Brasil, Rodrigo Dienstmann, os Jogos Ol?mpicos e Paral?mpicos de 2016 representam uma possibilidade in?dita de aproximar o p?blico, atletas e comunidade, al?m de deixar um legado ap?s o evento esportivo. "Com as iniciativas da Cisco queremos ir al?m do evento, contribuindo para criar conex?es duradouras e tornar a cidade mais humana por meio da tecnologia", completa.

Rodrigo Uch?a, Franklin Dias Coelho, secret?rio de Tecnologia, e Elly Resende, diretor de Tecnologia do COB  (Foto: Carol Danelli/TechTudo)Rodrigo Uch?a, Franklin Dias Coelho, secret?rio de Ci?ncia Tecnologia, e Elly Resende, diretor de Tecnologia do COB (Foto: Carol Danelli/TechTudo)


De acordo com Elly Resende, diretor de tecnologia do Comit? Ol?mpico, ser?o necess?rios oito mil profissionais da ?reas para fazer as competi??es acontecerem. Para isso, foram instalados centros de capacita??o em comunidades do Rio de Janeiro para abastecer parte dessa demanda. As "Cisco Networking Academy" d?o acesso ao ensino de Tecnologias da Informa??o e Comunica??o (TIC) a moradores da cidade e permitir?o que essas pessoas trabalhem como volunt?rios na ?rea de Tecnologia da Informa??o das Olimp?adas.

Qual ? a tecnologia vest?vel que tem maior potencial??Comente no F?rum do TechTudo.

A ideia n?o ? realizar tais mudan?as apenas para os Jogos Ol?mpicos mas, segundo Rodrigo Uch?a, permitir que a cidade aproveite nos pr?ximos anos. "N?s queremos tornar o Rio uma cidade smart, onde as pessoas tenham mais acesso a tecnologia, um lugar com uma maior conectividade", explica o diretor.

?

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.