Por Matheus de Lucca, para o TechTudo

10/03/2019 07h00 Atualizado 2019-03-10T10:00:54.237Z


O rework de Kayle já está disponível em League of Legends (LoL). A campeã recebeu alterações visuais, novas habilidades e uma nova história de origem em atualização. A personagem ainda lembra bastante a sua forma anterior, mas suas builds ideais e momentos de poder no game mudaram. Veja, a seguir, cinco dicas para jogar de Kayle, desde runas até qual habilidade maximizar para sobreviver à fase de rotas e garantir mais vitórias em Summoner’s Rift.

Evite trocas de dano na rota antes do level 6

Kayle é uma campeã de ataques corpo-a-corpo até atingir o nível 11, quando se torna totalmente uma atacante à distância. Por isso, ela fica vulnerável a ataques inimigos ao farmar os minions no início da partida. Ela também não tem dano suficiente para bater de frente contra a maioria dos bruisers, assassinos e magos. O ideal é focar totalmente no farm e usar suas habilidades para conseguir gold.

Depois que atingir o level 6, ela ganha acesso ao R – Sentença Divina e sua passiva Ascensão Divina chega ao status Flamejante, na qual os ataques básicos de Kayle lançam ondas de fogo que causam dano mágico adicional após cinco acúmulos da skill. A partir desse momento é possível duelar com os adversários e chamar a ajuda do jungler para conseguir vantagens. A campeã é boa em 2x2 com sua ultimate e a cura do W – Benção Celestial.

Maximize o Q em vez do E

Como o foco do jogador no início da partida é farmar, a melhor habilidade para maximizar é o Q – Explosão Radiante, pois causa dano em área e a distância. O recurso permite matar minions sem correr risco de ser atacada pelo adversário. Além disso, a habilidade causa lentidão, então também é boa opção para impedir o avanço dos inimigos e se proteger.

A Explosão Radiante também sofre redução no tempo de recarga conforme os níveis: de 12 até oito segundos, enquanto o E – Lâmina de Fogo tem cooldown estático de oito segundos. A habilidade também oferece assistência a ganks dos caçadores, pois diminui a armadura e resistência mágica dos alvos.

A Lâmina de Fogo, por sua vez, apenas aumenta o dano bônus de ataques básicos e de quando Kayle atinge o status Flamejante. Há poucas oportunidades de alcançar o patamar no começo do jogo, por isso a habilidade só começa a ser mais efetiva quando Kayle atinge o nível 11, pois chega ao status Erguida e se torna uma campeã de ataques a distância.

Opções de build

A antiga Kayle usava bem a Lâmina da Fúria de Guinsoo, mas o item não tem tanta sinergia com a nova versão, pois a passiva do ataque duplo não se aplica às ondas de ataque da campeã. No entanto, o Dente de Na’Shor continua uma opção viável e é recomendado completá-lo primeiro.

Comece o jogo com a Poção Corrupta. Ao voltar para a base pela primeira vez, pegue um Lacre Negro, Botas da Velocidade e Sentinelas para evitar ganks. O Lacre Negro concede mais durabilidade na rota e permite que Kayle farme por mais tempo. Pode valer a pena até adquirir dois Lacres Negros para melhorar ainda mais a sobrevivência.

O primeiro item a ser finalizado é o Dente de Na’Shor e pode ser seguido do Capuz da Morte de Rabadon ou da Pistola Laminar Hextec. Itens como Ampulheta de Zhonya podem ser úteis dependendo da situação, pois é possível usar a ult em um aliado e a Estase do item para si quando necessário. Ainda que a Lâmina da Fúria de Guinsoo não tenha mais tanta sinergia com Kayle, ainda oferece atributos que ela pode utilizar, então pode ser uma opção depois dos itens pri

... ncipais. Quanto a botas, a escolha principal sempre será as Grevas do Berserker.

Há também a build focada em crítico, já que as ondas de Kayle podem critar. Foque no Gume do Infinito, Dançarina Fantasma, Anjo Guardião, A Sedenta por Sangue e Cimitarra Mercurial.

Quer comprar consoles, jogos e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

As melhores runas para cada situação

Uma boa opção para facilitar o early game de Kayle é usar Agilidade nos Pés, que concede cura ao utilizar os ataques energizados. Ritmo Fatal pode parecer uma boa opção, mas dificilmente o bônus de velocidade de ataque será aproveitado na fase de rotas. Na mesma árvore, Triunfo, Lenda: Espontaneidade e Golpe de Misericórdia fecham o set.

Quanto a runas secundárias, há várias alternativas. Se optar por Feitiçaria, a Faixa do Fluxo de Mana permite que Kayle tenha mais mana para farmar e a Tempestade Crescente combina com seu objetivo de jogo, que é ficar mais forte a cada minuto que passa. A árvore de Inspiração tem a Entrega de Biscoitos e Tônico da Distorção no Tempo para ainda mais durabilidade na rota. Dominação, permite focar em uma build de roubo de vida com Gosto de Sangue e Caça Voraz, eficaz contra tanques.

Quando e contra quem escolher Kayle

A Justa é uma campeã focada no late game, então não é recomendado escolhê-la em times que tem como objetivo terminar o jogo cedo. Kayle combina bem com tanques que fazem linha de frente para que ela possa devastar os inimigos em segurança. Suportes que a ajudem a chegar aos adversários ou afastá-los também são boas opções.

Campeões que compensem a sua falta de controle de grupo, como Orianna e Lissandra no meio e Sejuani e Jarvan na selva, complementam o kit da campeã. Personagens que precisam ficar no meio dos adversários durante as lutas, como Kha'Zix, se beneficiam da ult de Kayle.

Na rota, evite ir contra inimigos de ataque a distância e contra lutadores que tenham habilidades de aproximação ou muito controle de grupo, como Irelia, Darius, Riven, Jax e Renekton. Kayle tem vantagem contra Sion, Dr. Mundo, Yorick e Illaoi, pois eles não conseguem punir a campeã e são mais contornáveis.



>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.