Por Tainah Tavares, de São Paulo

23/03/2019 09h00 Atualizado 2019-03-23T12:00:42.397Z


O próximo jogo da MIBR na BLAST Pro Series São Paulo 2019 será contra a Astralis. O torneio de Counter Strike: Global Offensive (CS:GO) acontece no Ginásio do Ibirapuera, na capital paulista. Depois de perder para ENCE Esports e FaZe Clan na última sexta-feira (22), o elenco brasileiro volta para a disputa nesta sábado (23). A partida "MIBR vs Astralis" começa às 13h no horário de Brasília e será transmitida ao vivo na Twitch TV, no YouTube e no SporTV.

Jogar contra os dinamarqueses será um dos maiores desafios da Made In Brazil na competição. Além da equipe não poder mais perder para ter chances de chegar na final, a Astralis é o melhor time de CS:GO do mundo atualmente. O TechTudo conversou com Gabriel “FalleN” Toledo, que avaliou os próximos adversários. “A Astralis é um time bastante técnico, talvez o melhor time que a gente já viu no CS:GO. Todos os jogadores dele são muito bons e fazem muito bem o que tem que ser feito. Eles têm uma sincronia muito grande, eles mudam as estratégias, eles usam bem as granadas”, observa.

De fato, a Astralis dominou o cenário competitivo mundial de CS:GO em 2018. O time também venceu a maioria dos jogos que teve contra a MIBR. No Intel Extreme Masters (IEM) Katowice Major, último confronto entre as duas equipes, os dinamarqueses levaram a melhor. "Embora a gente não tenha conseguido vencer recentemente, a gente sente que o jogo com eles é em um nível de igual para igual", declara FalleN.

Na BLAST, a partida será uma série melhor de uma (MD1) na Overpass. O mapa foi justamente um dos cenários jogados pelas equipes em Katowice. Na ocasião, quem levou a melhor foram os dinamarqueses. Mesmo com a vitória, o mapa foi disputado: teve placar de 14-16. "Em alguns momentos nós passamos bem perto de vencê-los, até mesmo com a line americana no ano passado, e a gente tem que continuar tentando".

FalleN também destaca a importância da torcida para esta partida e pede o apoio dos fãs que forem ao Ibirapuera para assistir ao jogo. "A torcida pode sim fazer diferença porque a gente sabe que o brasileiro é muito barulhento e realmente faz parte da partida”. O pro player lembra a frieza dos dinamarqueses, mas acredita que a pressão dos brasileiros na arquibancada pode sim afetar o desempenho dos adversários. "Eu acho que os fãs querem muito ver a gente ganhando da Astralis, eles não aguentam mais ver os caras jogando tão bem e despontando. Então vai ser todo mundo contra eles", completa.

O jogo da MIBR contra a Astralis será o primeiro compromisso dos brasileiros neste sábado. O time volta a jogar às 14h20 contra a Team Liquid e às 15h40 contra a Ninjas

... In Pyjamas (NiP). Depois dessa etapa da disputa, os dois times no topo da tabela avançam para a final, marcada para 18h.

A BLAST Pro Series é uma liga de torneios do CS:GO que surgiu em 2017 e, de lá para cá, passou por diversas cidades do mundo. A edição de São Paulo é a primeira a acontecer em solo brasileiro e vai premiar o total de US$ 250 mil (aproximadamente 956 mil em conversão direta).

Quer comprar jogos, consoles e PCs com desconto? Conheça o Compare TechTudo



>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.