Por Victor Toledo, para o TechTudo

29/03/2019 08h01 Atualizado 2019-03-29T11:01:04.331Z


A memória RAM é um dos principais componentes dos computadores. Por conta da evolução de programas e jogos, diversas versões surgiram ao longo dos anos, como as DDR3 e DDR4, com o objetivo de acompanhar a o nível de exigência. A Samsung, por exemplo, anunciou recentemente que deu início à produção da 3ª geração do padrão DDR4. Esse modelo deve ser uma porta de entrada para as DDR5, e ainda não têm previsão para lançamento.

Confira abaixo as diferenças entre os principais modelos de memória RAM utilizados atualmente e entenda melhor sobre a evolução desses componentes durante os anos.

Quer comprar celular, TV e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

Memória DDR3

A DDR3 dominou o mercado de memórias RAM durante anos até a atualização para o DDR4, em 2014. Essa versão teve grande impacto no consumo de energia dos computadores na época, já que a memória DDR3 consome menos em relação a sua antecessora. O padrão exige 1,5 Volts na alimentação, enquanto a DDR2 utiliza 1,8 Volts.

Com relação ao desempenho, as DDR3 ficaram para trás com a versão mais atual de RAM, mas representaram uma mudança significativa. As antigas DDR2 trabalham com velocidades entre 400 e 1066 MHz, suportando apenas módulos de até 4 GB de memória. A chegada das DDR3 representou um aumento da taxa de frequência para 800 a 2.400 MHz, com modelos de até 8 GB.

No Brasil, é possível encontrar modelos de diferentes fabricantes, como Corsair, HyperX, Crucial e Kingston. De acordo com o Compare TechTudo, é possível encontrar versões da DDR3 de 2 GB até 8 GB por preços interessantes: a versão mais simples é encontrada por a partir de R$ 56, enquanto a mais potente custa pelo menos R$ 226.

Memória DDR4

Atualmente o modelo top de linha das marcas especializadas em memória RAM é o DDR4. O padrão opera com valores de 2.133 até 4.266 MHz. Isso significa mais transferências em um mesmo intervalo de tempo, o que pode ser determinante na hora de jogar títulos pesados, por exemplo. Na questão da economia de energia, o consumo também é mais baixo. Enquanto a DDR3 utiliza 1,5 Volts na alimentação, a DDR4 exige 1,2 Volts. Essa pequena diferença pode ajudar a prolongar a vida da bateria em notebooks, por exemplo.

A capacidade de memória das DDR4 também é maior em relação ao padrão anterior, o que torna a RAM mais interessante para PCs com tipos de uso mais exigentes. O modelo pode ter de 4 a 16 GB por placa, aumentando as possibilidades em relação às DDR3.

Sendo assim, uma RAM DDR4 pode ser uma boa opção a longo prazo para computadores de alta e até média performance. Por conta disso, têm preços mais altos em comparação com outros padrões: é possível encontrar modelos como o da Kingston, de 4 GB, por a partir de R$ 159. Já um componente de 16 GB da mesma marca, por exemplo, está disponível por pelo menos R$ 959, segundo o comparador de preços do TechTudo.

Memória DDR5

As memórias DDR5 são o futuro dos componentes para computadores. Os novos modelos prometem ser ainda mais rápidos e devem economizar muito mais

... energia. Além de aumentar o desempenho com uma taxa de frequência podendo chegar a 6.400 MHz, as DDR5 podem oferecer ao consumidor pentes de até 32 GB. Além disso, os componentes devem ser ainda mais compactos em relação aos atuais DDR4.

Ainda não se sabe muito sobre os valores desses novos pentes de memória no mercado, mas provavelmente os produtos devem chegar com preços ainda mais altos em relação ao padrão DDR4. Entre as marcas que anunciaram a possibilidade de lançar modelos de RAM em DDR5 estão a Samsung e a SK Hynix.

Qual memória RAM escolher para o setup? Comente no Fórum do TechTudo



>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.