Por Filipe Garrett, para o TechTudo

13/04/2019 08h00 Atualizado 2019-04-13T11:00:57.807Z


Roteadores com porta USB oferecem ao usuário tipos de uso. É possível, por exemplo, compartilhar arquivos na rede, evitando o trabalho de subir para um pen drive e depois baixar em cada aparelho. Além disso, fica mais fácil utilizar uma única impressora para imprimir a partir de qualquer dispositivo, ligando o aparelho apenas ao roteador.

Outra possibilidade em alguns casos é utilizar um modem 3G ou 4G, para aproveitar a rede de dados quando o sinal do provedor original não estiver funcionando. Confira a seguir oito roteadores wireless com porta USB disponíveis para comprar no Brasil.

Quer comprar celular, TV e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

1. TP-Link TL-MR3420

O TL-MR3420 é um roteador de entrada da TP-Link que, além da porta USB, se diferencia por ser compatível com modens 3G e 4G. Isso significa que você pode ligar um modem de operadora de telefonia celular direto no roteador, usando o aparelho para distribuir a rede em Wi-Fi. Em uso convencional, a porta USB também traz outras utilidades, permitindo o compartilhamento de arquivos dentro da rede e facilitando o acesso de dados em dispositivos como televisores e impressoras.

Com relação às especificações, o modelo da TP-Link é um modelo de entrada. O aparelho tem duas antenas e funciona com taxas de transferência limite de 300 Mb/s. Monoband, o roteador opera na faixa de 2,4 GHz e conta com cinco portas Fast Ethernet, sendo uma delas WAN. É possível encontrar o dispositivo no e-commerce nacional pelo preço médio de R$ 150.

2. Multilaser RE041

Modelo de entrada da Multilaser, o RE041 tem uma porta USB que pode ser usada para compartilhar dados dentro da sua rede. Com isso, o usuário pode plugar um pendrive ou HD externo ligado no roteador ara acessar os arquivos por qualquer dispositivo conectado ao roteador.

Nas especificações técnicas, o aparelho pode desagradar usuários mais exigentes. A principal restrição aqui é a classificação do modelo como um roteador de 150 Mb/s, taxa de transferência limite que é relativamente baixa. Além disso, o produto opera apenas na faixa de 2,4 GHz e não apresenta antenas externas. Com quatro portas LAN e uma WAN, o RE041 pode ser encontrado no mercado nacional com preços na faixa dos R$ 160.

3. Asus RT-AC51U

O RT-AC51U é um roteador dual-band que oferece porta USB capaz de dar conta do compartilhamento de arquivos e de conexões com modem 3G/4G. Segundo a Asus, o modelo oferece velocidades até 750 Mb/s e é equipado com duas antenas externas. O roteador oferece ainda uma porta WAN e quatro LAN.

O dispositivo conta com bons recursos de gerenciamento e outras funcionalidades de otimização de rede, algo parecido com o que TP-Link e D-Link disponibilizam em seus produtos intermediários e mais caros. O roteador pode ser encontrado a valores na faixa dos R$ 275.

4. D-Link DIR-825

O DIR-825 da D-Link é um roteador com configurações mais avançadas, e pode ser encontrado por preços a partir de R$ 280. Dual-band, o modelo tem quatro antenas externas e apresenta a taxas de transferência estimadas em 1.200 Mb/s, somando os 300 Mb/s da faixa de 2,4 GHz e 867 Mb/s da rede em 5 GHz.

Sua porta USB funciona para compartilhamento de arquivos na rede, a exemplo dos aparelhos anteriores. Além disso, o dispositivo é compatível com IPv6 e traz quatro portas LAN, uma WAN, cobrindo até 200 metros quadrados, de acordo com a fabricante.

...

5. D-Link DIR-853

O DIR-853 também oferece uma porta USB 3.0 para compartilhamento de dados, operando nas faixas de 2,4 GHz e 5 GHz com velocidades de até 1.300 Mb/s. O modelo conta com quatro antenas e tecnologia MU-MIMO, além de tecnologia de racionalização do uso de banda.

Sendo assim, o dispositivo é uma boa opção para usuários mais exigentes, ou consumidores com planos de Internet mais generosos e que desejam aproveitar ao máximo o pacote de banda larga contratado. Equipado com quatro portas LAN e uma WAN, o roteador está à venda no país com preços por volta de R$ 400.

6. TP-Link Archer C7

O Archer C7 é uma alternativa da TP-Link com especificações parecidas com as do DIR-853, da concorrente D-Link. Entretanto, há uma diferença importante entre os dois: a porta USB do C7 é 2.0, padrão mais lento em relação à interface 3.0 do rival.

Apesar disso, o modelo opera em duas faixas de frequência a velocidades de até 1.750 Mb/s, sendo 450 Mb/s para o espectro de 2,4 GHz e 1.300 Mb/s no 5 GHz, além de trazer três antenas externas. Com relação às portas disponíveis, são cinco entradas RJ-45, sendo uma delas WAN. no momento, o Archer C7 pode ser encontrado no Brasil com preços a partir de R$ 419.

7. Asus RT-AC68U

Versão mais poderosa da Asus, o roteador tem duas portas USB (uma 2.0 e a outra 3.1), que podem ser usadas tanto para o compartilhamento de arquivos, quanto para facilitar a impressão por meio da rede e até mesmo o utilizar um modem 3G/4G para conectar à Internet.

A ficha técnica do RT-AC68U traz taxas de transferência até 1.900 Mb/s, operando em duas bandas e oferecendo três antenas externas. O modelo conta ainda com diversas funcionalidades de otimização do desempenho da rede, além de um aplicativo de gerenciamento facilitado. Os preços do dispositivo podem variar bastante, mas é possível encontrar ofertas na faixa dos R$ 699.

8. TP-Link Archer C5400

O Archer C5400 tem duas portas USB (uma 2.0 e uma 3.0) para compartilhamento de arquivos e se destaca por ser um roteador tri-band. Com isso, são três redes Wi-Fi diferentes em um único aparelho, sendo uma de 2,4 GHz e outas duas de 5 GHz. Isso faz do dispositivo uma opção poderosa, especialmente voltada para o alto desempenho.

A taxa de transferência do roteador, que é uma estimativa que indica a velocidade da rede Wi-Fi, chega a 5.400 Mb/s. O modelo tem oito antenas e custa em torno de R$ 1.260 no mercado nacional.

O que é Wi-Fi mesh? Tire suas dúvidas no Fórum do TechTudo



>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.