Por Kamila Muniz, para o TechTudo

16/04/2019 09h40 Atualizado 2019-04-16T12:40:46.201Z


Donos de Nexus 6P, celular criado pelo Google e fabricado pela Huawei, poderão receber até US$ 400 (cerca de R$ 1.550) devido a um problema que afetou unidades do aparelho. Os equipamentos defeituosos não conseguiam iniciar o sistema Android – ficavam congelados na tela inicial. O pagamento vale para consumidores dos Estados Unidos, após um acordo envolvendo o gigante das buscas e a companhia chinesa.

A decisão se refere a um acordo preliminar iniciado em abril de 2017 por meio de uma ação judicial coletiva aberta por um grupo de usuários. O coletivo alega que as empresas sabiam do bug e não tomaram as providências, além de terem continuado as vendas enquanto os problemas ainda eram analisados.

A decisão é válida apenas nos EUA, já que no Brasil o Nexus 6P chegou a ser homologado pela Anatel, mas nunca foi lançado oficialmente. No dia 9 de maio o tribunal dará a palavra final e, caso o acordo seja aprovado, os usuários poderão iniciar o pedido de reembolso. Quem se sentir prejudicado deverá reunir as documentações que comprovem o bug e a compra feita a partir de 25 de setembro de 2015. Quem não conseguir reunir os documentos terá o direito a apenas US$ 75 (por volta de R$ 290).

Alguns consumidores, após constatar o problema, optaram por receber um Google Pixel XL por meio do programa de garantia estendida do Google. Nesse caso, devem receber US$ 10 (por volta de R$ 38).

...

O Nexus 6P foi o último celular produzido pelo Google em parceria com algum fabricante, mas não o único a gerar transtornos aos usuários. A LG também já teve que arcar com processos e reembolsos após problemas semelhantes com o G4, V10 e V20 .

Via The Verge



>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.