Por Thássius Veloso, da redação

26/04/2019 14h18 Atualizado 2019-04-26T19:56:51.294Z


A Sony decidiu abandonar o mercado de celulares no Brasil. Junto com o mais recente relatório de resultados financeiros, com foco no ano fiscal de 2018, a matriz japonesa comunicou o fim das operações da divisão Mobile em toda a América do Sul, bem como na América Central e Oriente Médio.

“Nós aceleramos nosso plano de fechar nossa fábrica em Pequim e saímos de diversas regiões, como o Oriente Médio e as Américas Central e do Sul”, informa o documento direcionado a investidores.

O ano fiscal terminou com receita operacional de 809,3 bilhões de ienes. Houve incremento em relação a 2017, quando a empresa fez 709,6 bilhões de ienes. No entanto, chama a atenção o negócio de Comunicações Móveis: o prejuízo pulou de 27,6 bilhões de ienes para 97,1 bilhões de ienes na passagem de um ano para o outro. O valor negativo equivale a US$ 870 milhões.

Havia muita incerteza sobre a operação brasileira da Sony. Os mais recentes lançamentos da companhia ocorreram faz tempo: foram o Xperia XZ2 e Xperia XZ2 Compact em maio de 2018. O TechTudo revelou os preços com exclusividade. Desde então, a matriz japonesa apresentou modelos como o Xperia XZ3, o Xperia 1 e o Xperia 10 – todos sem comercialização por aqui.

Outro indicativo de que o negócio definhava no país: até onde se sabe, a fabricante não levou nenhum executivo ou assessor de imprensa para a MWC 2019, feira de smartphones e telecomunicações que acontece anualmente em Barcelona.

A loja online da Sony Brasil atualmente oferece poucos smartphones. A maior parcela da seção dedicada a smartphones traz itens como cabos, carregadores sem fio, adaptadores de tomada e powerbanks.

A Sony pretende continuar investindo nos celulares, mas com foco em outras regiões do globo. Analistas também veem com bons olhos outros negócios da empresa. Por exemplo, as smart TVs foram destaque no noticiário por participar da demonstração de casa conectada feita pe

... lo Google em São Paulo.

O sucessor do PlayStation 4 (PS4) também está em evidência. Há pouco mais de uma semana foram anunciados os primeiros detalhes sobre o futuro console, como a retrocompatibilidade e o suporte à resolução 8K. O PlayStation 5 (PS5) não deve chegar às lojas neste ano.

Via: Manual do Usuário



>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.