Por Filipe Garrett, para o TechTudo

27/04/2019 07h01 Atualizado 2019-04-27T10:01:07.799Z


A Microsoft passou a valer mais de US$ 1 trilhão, repetindo o feito da Apple alcançado em agosto de 2018. A valorização da corporação é medida a partir do valor individual de cada ação na NASDAQ, bolsa de valores de tecnologia. A empresa chegou à marca principalmente por conta de seus ganhos em relação a serviços de computação na nuvem, oferecidos a empresas do mundo todo.

Além disso, os relatórios de lucros da marca no último trimestre mostraram um bom desempenho das grandes divisões da Microsoft, o que pode ter influenciado. Pensando nisso, o TechTudo separou uma lista com produtos da empresa que fizeram sucesso nos últimos anos e contribuíram para esses números.

Quer comprar celular, TV e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

Windows

A primeira versão do Windows foi publicada ainda em 1985, mas o grande marco em termos de adoção da plataforma só viria com a edição Windows 95, uma década depois. O sistema operacional ajudou a popularizar o conceito das interfaces gráficas, simplificou o uso dos computadores e foi importante para tornar a Microsoft a gigante da tecnologia que é hoje.

O Windows 95 teve como principais destaques a estreia do botão Iniciar e uma série de recursos para multimídia. Além disso, essa foi a primeira edição do sistema operacional a ser associada com o uso da Internet.

Xbox

Nascido como projeto de alguns engenheiros da Microsoft, o primeiro Xbox marcou uma sólida entrada no mundo dos games, disputando mercado com o PlayStation 2, da Sony. Embora a primeira versão tenha deixado boas impressões em virtude de grandes sucessos como Halo e o uso do multiplayer em rede, o Xbox 360 se tornaria o grande sucesso da Microsoft entre os consoles, com cerca de 84 milhões de unidades vendidas.

A geração atual teve um início tumultuado, mas rendeu bons frutos. Em termos de tecnologia, o Xbox One X, versão do Xbox One com suporte ao 4K, é considerado o console mais poderoso do mundo.

Office

Suíte de produtividade referência no mercado, o Office é mais do que um produto relacionado ao Windows. O serviço é uma das grandes fontes de faturamento da Microsoft, já que sua integração com ambientes corporativos torna seu uso extremamente bem difundido em empresas ao redor do mundo, e também nos PCs domésticos.

Hoje formado por uma grande variedade de aplicações, o Office nasceu mais humilde, apenas com versões do Word e do Excel. Ao longo dos anos, a suíte foi ganhando tanta tração que começou a aparecer até mesmo no macOS, sistema operacional da rival Apple.

IntelliMouse

A linha IntelliMouse nasceu em 1996 como um modelo que se diferenciava da concorrência por introduzir uma novidade importante: a rodinha de scroll. Presente nos periféricos até hoje, o recurso é usado para deslizar páginas de Internet e de documentos, por exemplo. Outra novidade introduzida pela linha apareceu em 1999: o sensor ótico, que traduz o movimento a partir de um laser, e não de uma bolinha, como em modelos mais antigos. Inovadores e considerados de alta qualidade, os IntelliMouse voltaram ao mercado em 2018.

Surface e SurfaceBook

A primeira geração do Surface não parecia ser uma linha de produtos consistentes. Trazendo processador ARM, a versão do Windows RT não tinha a mesma variedade de apps da edi�

... �ão convencional. Para muitos, o modelo parecia um iPad, mas trazia muito menos recursos. Com a migração para chips da Intel e versões mais convencionais do Windows, além do formato 2 em 1 (tablet e laptop), a situação começou a mudar.

O Surface também foi importante para inspirar a Microsoft a produzir um laptop poderoso, inovador e de alta qualidade, capaz de rivalizar com os MacBooks Pro da Apple: o Surface Book, que traz configurações de hardware poderosas e design inovador.

Azure

É possível que você nunca tenha ouvido falar no Microsoft Azure, mas esse serviço é utilizado por diversos aplicativos no celular e serviços de Internet. A ideia é oferecer uma plataforma completa para que empresas, instituições e até indivíduos possam gerenciar infraestruturas completas de serviços de computação diretamente na nuvem.

Dessa forma, investimentos em hardware e soluções convencionais são dispensáveis, o que pode facilitar diversos desenvolvedores. O foco da Microsoft em serviços tem dado tem certo que é apontado por muitos como um dos principais fatores de recuperação da empresa.

MSN Messenger e Skype

O MSN Messenger é histórico para os brasileiros, que adotaram o mensageiro em larga escala na primeira década do século 21. O herdeiro do programa é o Skype, serviço de mensagens e telefonia via Internet adquirido pela Microsoft e que foi fundido ao antigo MSN. Hoje, a plataforma tem mais de 50 milhões de usuários, e há números que indicam que ao menos 40% de todas as ligações internacionais são feitas por meio do serviço.

Xbox One ou PS4: qual comprar? Tire suas dúvidas no Fórum do TechTudo



>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.