Por Fernanda Lutfi, para o TechTudo

11/05/2019 07h00 Atualizado 2019-05-11T10:00:57.853Z


O Android 10 (Q), apresentado no Google I/O 2019, conferência anual da empresa, trouxe uma série de novidades para o sistema operacional. Entre elas, a função de multitarefas Bubble, recursos de resposta inteligente e privacidade, além dos modos escuro e de foco. Segundo o Google, o principal objetivo da atualização é ajudar ainda mais os usuários da plataforma, com foco em três áreas-chave: inovação, segurança e privacidade, e bem-estar digital.

O Android 10 (Q) promete oferecer mais controle sobre seus dados, assim como fornecer ferramentas para auxiliar no equilíbrio do usuário com a tecnologia. Além dessas prioridades, a empresa também foca na acessibilidade com um recurso de legendas ao vivo. As versões beta do sistema operacional – começando com o Beta 3 – estão disponíveis em 21 celulares. Além dos Google Pixel, a plataforma de testes já pode ser instalada em smartphones como Sony Xperia XZ3, Xiaomi Mi 9, LG G8 e Asus Zenfone 5z.

Quer comprar celular, TV e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

1. Modo escuro

Uma das novidades mais aguardadas pelos usuários do Android, o Modo Escuro promete melhorar o uso do celular e deixá-lo mais confortável em ambientes com pouca luz. Ao ser acionado, a função automaticamente ajusta a tela do smartphone para a cor preta, o que evita problemas de visão devido à luminosidade excessiva. Além disso, o recurso também funciona muito bem para economizar a bateria, porque reduz a capacidade da interface gráfica do smartphone.

2. Privacidade e segurança

Para garantir a privacidade dos usuários do Android – um dos principais objetivos do Google nesta versão do sistema – , esta atualização permite novas configurações de acesso dos aplicativos à localização do aparelho. Isso significa que agora é possível configurar seus apps para que eles não tenham acesso à informação de local quando estão em segundo plano, mas somente quando são utilizados pelo usuário.

3. Função Multitarefa Bubbles

Com o Android 10 (Q), será possível utilizar dois aplicativos simultaneamente, em tela dividida. Isso significa que não é mais necessário trocar de aplicativo para responder uma mensagem, por exemplo. A função multitarefa Bubbles funciona como o Messenger, do Facebook, que deixa uma “bolha” na tela do seu celular, com possibilidade de acesso de forma rápida e fácil. Portanto, a ideia é que o usuário seja alertado por meio dessas bolhas sobre notificações de outros aplicativos.

4. Recurso de legendas ao vivo

Com a acessibilidade em foco, o Google disponibilizou uma ferramenta de Legendas ao vivo, que não precisa de conexão com a Internet para funcionar. Com interface simples, e requerimento de apenas um toque, o sistema é capaz de legendar automaticamente vídeos, podcasts e mensagens de áudio – independente do aplicativo utilizado. Mais de 460 milhões de pessoas com problemas auditivos poderão consumir conteúdo em seus smartphones de forma mais eficiente e inclusiva.

5. Função resposta inteligente

O recurso de resposta inteligente também busca auxiliar o usuário a realizar mais de uma tarefa simultaneamente, e funciona em todos os aplicativos de mensagem do Android 10. Além de permitir que as mensagens sejam respondidas de forma mais rápida, a função inclui ações sugeridas, como, por exemplo, enviar um

... endereço recebido ao Google Maps para melhor visualização.

6. Atualizações de segurança e privacidade em segundo plano

Seguindo o foco nessa área-chave, o Google lançou também uma nova forma de realizar as atualizações de segurança. Com o Android 10, será possível atualizar componentes importantes do sistema operacional em segundo plano, como é feito com os aplicativos atualmente. A grande vantagem desta novidade é que o usuário não precisará reiniciar o aparelho para instalar as correções de segurança mais recentes, o que será feito automaticamente assim que estiverem disponíveis.

7. Modo de foco

Pensando no bem-estar digital de seus clientes, o Google criou o Modo de Foco. O recurso busca auxiliar o usuário nos momentos em que ele não deveria se distrair, e seu smartphone acaba se tornando um inimigo. Para evitar que isso aconteça, a função permite que determinados aplicativos, selecionados pelo usuário, sejam desativados enquanto ela estiver acionada.

8. Family Link – Controle Parental

Também com foco no bem-estar digital, o Google fará com que todos os seus dispositivos tenham o Family Link. A ferramenta permite que os pais criem e supervisionem uma conta Google para seus filhos. Por meio do recurso, é possível gerenciar o conteúdo que eles acessam na Internet e quanto tempo passam em seus dispositivos. O objetivo da empresa é fazer com que as crianças tenham uma relação saudável com a tecnologia.

9. Função 5G

O Android Q terá suporte para a rede móvel 5G, que deve ter seu uso consolidado pelas operadoras de telefonia ainda este ano. Dessa forma, os smartphones que suportarem o novo sistema operacional terão acesso a altas velocidades de conexão. Isso permitirá o surgimento de novas oportunidades para games, que poderão ser criados para proporcionar experiências mais imersivas.

10. Armazenamento isolado para apps

O Google criou também uma nova maneira de armazenar dados de forma isolada, nas chamadas sandbox. Isso significa que, para cada aplicativo instalado, o Android Q terá uma sandbox de armazenamento isolado. O recurso restringe o acesso de outros apps aos arquivos quando eles são colocados em dispositivos de armazenamento externo, como um SD card. Suas vantagens são: menor necessidade de dar permissões para acessar e salvar arquivos, e maior privacidade entre os apps, já que um não pode acessar diretamente os arquivos de outra sandbox.

Como resolver problema ao comprar apps na Google Play? Tire suas dúvidas no Fórum do TechTudo



>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.