Por Paulo Alves, para o TechTudo

17/05/2019 06h30 Atualizado 2019-05-17T09:30:53.082Z


O Motorola One Vision é o segundo celular da Motorola que faz parte da iniciativa Android One, do Google. Junto com o Motorola One, lançado em outubro de 2018, o lançamento se difere de demais modelos da fabricante por trazer sistema operacional mais limpo e prometer maior agilidade nas atualizações. No entanto, as semelhanças param por aí: demais detalhes das especificações mudam muito entre um aparelho e outro. Veja quais são as principais diferenças entre os telefones.

Tela e design

O Motorola One Vision tem display de 6,3 polegadas com resolução Full HD+ (2520 x 1080 pixels), ao passo que o Motorola One fica nas 5,9 polegadas e definição HD+ (720 x 1520 pixels). Há também uma mudança de visual: enquanto o lançamento possui a câmera frontal dentro da tela, o Motorola One traz um notch para abrigar o sensor de selfies.

Outra novidade do One Vision é a tela com formato 21:9, pouco visto em celulares. A ideia é oferecer uma experiência melhor na visualização de conteúdo em widescreen, como os filmes para cinema. Além disso, o aspecto mais alongado permite mostrar mais imagens e textos ao navegar na Internet e explorar as redes sociais. O display do celular é mais comprido do que o painel do Motorola One, que segue um padrão mais comum: 19:9.

O lançamento da Motorola está disponível nas cores azul safira e bronze, enquanto o modelo de 2018 tem opções de acabamento em preto ou branco.

Câmeras

A câmera é um dos principais chamarizes do Motorola One Vision. Segundo a Motorola, o celular conta com as melhores câmeras entre todos os aparelhos da marca no país, superando modelos da linha superior Moto Z, como Moto Z3 e Moto Z3 Play. A câmera é dupla: um sensor de 48 megapixels (abertura f/1.7) capaz de combinar pixels para criar imagens de 12 megapixels com alto nível de detalhes; e um sensor de 5 megapixels (f/2.2) para auxiliar no Modo Retrato.

O telefone também estreia o modo Night Vision, que permite fotografar em ambientes muito escuros. O One Vision traz câmera frontal de 25 megapixels também com a capacidade de combinar pixels para melhorar o resultado quando o cenário tem pouca iluminação.

A câmera do Motorola One também é dupla, mas tem especificações mais modestas: sensor principal de 13 megapixels (f/2.0) e secundário de 2 megapixels (f/2.4). Na frente, a câmera é de 8 megapixels. O conjunto foi um dos pontos de maior crítica na análise do telefone realizada pelo TechTudo em novembro de 2018. É provável, portanto, que o One Vision seja uma melhor opção para quem gosta de fotografar, especialmente à noite em locais fechados com iluminação artificial fraca demais.

Desempenho

O One Vision é o primeiro celular da Motorola com processador fabricado pela Samsung. No coração do celular está o Exynos 9609, um chip octa-core de 2,2 GHz. Aliado à memória RAM de 4 GB, o componente tem promessa de entregar desempenho acima da média para a categoria dos intermediários, com velocidade mais próxima de celulares mais caros.

A tendência é que haja uma diferença relevante de performance na comparação com o Motorola One. Também com 4 GB de RAM, o smartphone chegou a surpreender em termos de agilidade na resposta durante os testes do TechTudo. Porém, o processador Snap

... dragon 625 já é antigo e tende a oferecer desempenho pouco satisfatório em apps e jogos mais pesados, aumentando as chances de travamentos.

O lançamento da Motorola também é a melhor opção para quem precisa de muito espaço: O telefone tem 128 GB de armazenamento enquanto o celular do ano passado conta com 64 GB internos. Ambos são compatíveis com cartões microSD.

Bateria

A bateria do Motorola One Vision é maior, com 3.500 mAh de capacidade. A fabricante afirma que essa quantidade é suficiente para manter o celular funcionando durante “um dia inteiro de uso”, mas não especifica exatamente quantas horas de autonomia ele oferece.

Já o Motorola One possui componente de 3.000 mAh e entrega um dia de bateria, segundo os testes do TechTudo. Assim como o One Vision, o smartphone é compatível com o carregador TurboPower.

Versão do Android

Motorola One e One Vision fazem parte da iniciativa Android One, um programa do Google que promete atualizações mais rápidas de sistema. Dessa forma, além de os celulares já contarem com o Android 9 (Pie) e terão o Android 10 (Q) disponível no futuro.

Preço

O Motorola One Vision chegou ao Brasil em maio de 2019 com o preço sugerido de R$ 1.999 e já está à venda no comércio eletrônico por cerca de R$ 1.700. Já o Motorola One é mais barato. Lançado no país ano passado por R$ 1.499, ele pode ser encontrado na faixa dos R$ 1.100.



>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.