Os smartphones não são equipados com baterias tão potentes e acabam não durando o tempo que desejariam os usuários. Pensando nisso, alternativas como as baterias do tipo power bank estão se tornando populares para gadgets com Android, iOS e Windows Phone. Sempre que for necessário, basta conectar o dispositivo portátil no celular ou tablet para ganhar mais algumas horas de uso longe da tomada. Veja como funciona essa tecnologia e como escolher o modelo ideal para você.
Lumia 535 ou Moto G: confira o comparativo de celular da semana
Entenda como funciona um power bank, a bateria que recarrega celulares (Foto: Arte/TechTudo)
Baterias power bank são parecidas com os modelos de íons de lítio que acompanham os smartphones, mas com uma diferença fundamental: elas podem tanto fornecer quanto receber recarga de energia por meio de portas USB. Tipicamente, há três tipos de baterias assim: as que vêm acopladas em cases, as USB de bolso e as com recarga solar. O primeiro tipo, em formato de case, é bem comum por ser prática para usar. Afinal, o usuário não precisa carregar nada além do próprio aparelho com um "capa" mais robusta. A desvantagem é que, quanto mais capacidade de armazenamento de energia, pesado o aparelho fica por causa da case extra, e a bateria só pode ser carregada conjuntamente com o celular na tomada.
Case Mophie para iPhone 5S com três tipos de carga (Foto: Divulgação/Mophie)
O segundo tipo, com entrada USB, é indicado para quem não quer carregar um celular mais pesado, mas quer a facilidade de poder re...

>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.