Mesmo quem não gosta de "50 Tons de Cinza", tem que admitir: o livro é um sucesso. Por que, em vez de torcer o nariz toda vez que escuta o nome Mr. Grey, você não cria o seu próprio best seller erótico? Bom, pelo menos é o que pretende o Kink. O app permite a criação de livros adultos utilizando a colaboração de vários usuários. Se o livro for publicado, 20% dos royaltes são divididos entre os autores.
Case anti-gravidade é ideal para selfies; veja como funciona
Kink permite criar grupos de até 4 autores (Foto: Reprodução/AppStore)
Com o aplicativo, é possível criar pequenos grupos de até quatro pessoas para desenvolverem uma história. Os autores se alternam e cada um pode criar um parágrafo com até 280 caracteres de cada vez. O tamanho do livro é determinado pelas quantidades de turnos, que pode variar de quatro a 16. Também é possível desenvolver uma história sozinho.  Os autores podem ser escolhidos de forma automática, mas há como convidar novas pessoas para desenvolverem o texto. Há a possibilidade também de ir adicionando imagens, para auxiliar no processo criativo. Como tem uma pegada erótica, o Kink, disponível por enquanto apenas para iOS, tem faixa etária indicativa de 18 anos. Se o livro fizer sucesso, a desenvolvedora do Kink pode publicá-lo. E 20%...

>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.