O Apple Watch ainda não tem previsão de chegada ao Brasil – em outros países a partir desta sexta-feira, 24, ele já estará disponível – mas, a medida que as features são reveladas, podemos temos a certeza que o relógio inteligente da Maça não é só design. Um exemplo disso é o sistema de monitor cardíaco. Apesar da função já existir em smartbands e outros smartwatchs, a Apple teve um cuidado especial quanto ao recurso.

Testamos o Apple Watch: relógio inteligente para iPhone inova até demais

Apple Watch mede com precisão batimentos cardíacos (Foto: Elson Souza/TechTudo)Apple Watch mede com precisão batimentos cardíacos (Foto: Elson Souza/TechTudo)

O monitoramento cardíaco do Apple Watch é construído com uma técnica conhecida como fotopletismografia. Na parte de baixo do aparelho, a Apple incluiu uma série de LED fotossensíveis. Como o sangue é vermelho, os LEDs são da cor verde para que possa refletir e captar com precisão a quantidade de batimentos do coração.

A medição do número de batimentos é feito com a ajuda dos LEDs, que ficam piscando centenas de vezes por segundo. O fluxo de sangue corre pelas veias, e o Apple Watch detecta o número preciso fazendo o cálculo entre o espaço de tempo em cada batida.

O sensor cardíaco é adaptado para aumentar automaticamente a potência da luz e a quantidade de amostragem, para compensar os níveis de sinal que ocasionalmente possam acontecer. Isso quer dizer que, mesmo quando a atividade física for realizada em ambientes extremos, como o frio, o Apple Watch ainda conseguirá computar o número de batimentos com eficiência.

A moda dos smartwatches vai pegar? Comente no Fórum do TechTudo

Mas, nem tudo são flores. De acordo com o documento da empresa, o Apple Watch pode encontrar dificuldades para medir adequadamente os batimentos cardíacos em atividades sem um ritmo constante, como um treino de boxe ou ao jogar uma partida de tênis, por exemplo.

Outro fator que pode desagradar é a necessidade da pulseira estar bem fixada ao pulso. Quem gosta de relógios mais folgados pode de alguma forma estranhar. Para tentar amenizar essas questões, a Apple anunciou que as faixas de frequência cardíacas – aquelas que são encaixadas no peito – podem se cone

... ctar com o Apple Watch via Bluetooth.

O Apple Watch utiliza uma medição conhecida como Heart Rate Glance. Isso permite que o usuário pode verificar o dia inteiro o número de batimentos cardíacos. Quando o usuário não estiver em atividade física, a medição da frequência cardíaca ocorre a cada 10 minutos.

Os dados são armazenados no  aplicativo Saúde disponível no iPhone. As informações podem ser utilizadas para acompanhamento médico ou para avaliar o desempenho em atividades físicas.



>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.