Não está com tempo de ler? Ouça este conteúdo.

Para mostrar que confia bastante na tecnologia de segurança do novo navegador Spartan, a Microsoft oferece uma boa quantia em dinheiro para quem provar que conseguiu hackear o software. São até US$ 15 mil para quem conseguir encontrar uma vulnerabilidade no Spartan nas prévias do Windows 10.

Versões de teste do Windows 10 Preview têm data de validade; entenda

Visual do novo navegador da Microsoft é mais simples e promete agradar os usuários (Foto: Reprodução/Microsoft)Visual do novo navegador da Microsoft é mais simples no Windows 10 (Foto: Reprodução/Microsoft)

O valor máximo é possível para quem comprovar que consegue executar algum código malicioso de maneira remota, usando o navegador do Windows 10. A Microsoft também promete US$ 500 para quem achar vulnerabilidade em informações protegidas por ASLR. O programa de remuneração a hackers talentosos vai de 22 de abril a 22 de junho.

Quem encontrar eventuais problemas com o Spartan deve documentar suas descobertas de maneira aprofundada. Para o prêmio máximo, por exemplo, além de um relatório, é necessário apresentar um software que exponha o defeito de segurança.

Nas demais faixas de pagamento, o participante também deverá fornecer provas da vulnerabilidade encontrada, mas elas podem ser mais simples de se obter, variando entre relatórios mais simples e guias de como a vulnerabilidade pode ser reproduzida e explorada por hackers.

Para se inscrever, o usuário deve montar todo o caso e enviar toda a documentação solicitada para secure@microsoft.com. É necessário redigir em inglês e obedecer guias da Microsoft para que a participação seja válida.

Via TechNet Microsoft

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.