Não está com tempo de ler? Ouça este conteúdo.

A Bruxa de Hemwick é mais uma das chefes opcionais de Bloodborne, escondida no fim do caminho na Alameda de Hemwick. Derrotá-la é necessário para ganhar a capacidade de inserir runas em seu personagem, então, sim, você vai querer destruí-la se este é seu primeiro playthrough. A boa notícia é que ela não é difícil. Só é preciso entender como a batalha funciona exatamente.

Veja o review completo de Bloodborne 

Itens importantes: Nenhum.
Status fundamentais para a briga: Força, Resistência.

O nome deste chefe em particular é uma pequena brincadeira de flexão linguística: estamos falando não de uma, mas diversas bruxas. Você vai notar que, conforme a luta progride – e justo quando você acha que ela terminou – mais uma bruxa aparece para te infernizar. Em nossas partidas no New Game + chegamos a matá-las quatro vezes.

Mas não é bem assim que a luta funciona: existem na verdade duas criaturas na arena, que, se ficarem vivas tempo o bastante, tentam reviver-se mutuamente. Se você matar a primeira e deixar a segunda livre, ela vai reanimar sua irmã e vice versa. O fato de que elas conseguem ficar invisíveis é que dificulta sacar isso. Por isso, se você realmente demorar nesta batalha, parece que você está enfrentando um pequeno exército de vilãs.

Já que sabemos que há apenas duas bruxas, hora de realizar o plano mais inteligente e prático: tentar derrubar ambas simultaneamente.

Bloodborne-Witches-of-HemlockBruxas de Bloodborne (Foto: Divulgação)

Primeiro de tudo, estamos tentando ser ágeis com nossa estratégia, então desconsidere a presença do enorme Monstro de Fuligem que divide a arena contigo. Ele é bem poderoso, e tem um combo em particular que inclui algo em torno de 6 ou 7 golpes e tem alcance considerável. Só há um porém jogando pro seu lado: a aparição dificilmente te persegue por muito tempo, e, a não ser que seja provocada por um ataque, sequer faz algo além de andar na maior parte do tempo. Deixe o monstro ser assustador no canto dele e, ao invés disso, se foque em caçar a primeira bruxa.

Com a Bruxa de Hemwick alcançando 50% de sua vida, a sua irmã vai aparecer em algum ponto da arena. Daí começa a estratégia mais delicada da luta: a nova bruxa vai ficar andando sem fazer nada em particular, mas pode ser difícil encontrá-la e mais difícil ainda saber quanto ela tem de HP – a barrinha dela também fica invisível até que você mate a primeira bruxa. O plano é o seguinte: vasculhe cada uma das seis posições que falamos ali em cima e, sempre que você achar uma bruxa, acerte-a. Se a barra de vida na porção inferior da tela for afetada, então seja cuidadoso, ataque-a, mas mantenha o monstro sempre com um pouquinho de vida. Agora se você atacar e nada acontecer com o mostrador, continue agressivo.: está é a criatura que você quer detonar o quanto antes.

Como um só ataque não provoca o teleporte dos chefes, você vai saber onde cada uma vai estar com mais facilidade. Com um pouco de paciência, será possível matar a primeira e deixar a segunda bruxa sem muito tempo para revivê-la, e a vitória será sua sem muita dor de cabeça.

O que você achou de Bloodborne? Comente no Fórum do TechTudo!

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.