Não está com tempo de ler? Ouça este conteúdo.

Vigário Amélia é o segundo chefe obrigatório de Bloodborne, e guarda a Grande Catedral no topo da escadaria que sai da Igreja de Oedon. Para eliminar a criatura não há muitos atalhos: você vai ter que se preparar para um confronto longo e tenso. Confira abaixo o que é importante se manter em mente. 

Veja o review completo de Bloodborne 

<b>Importante:</b> matá-la também significa progredir para uma nova etapa do mundo do jogo, que engatilha novas interações com personagens e até a aparição de novos monstros. Tente falar com todos os NPCs próximos da Catedral e em Yarnham Central antes de continuar sua jornada.

Itens importantes: Papel de Fogo, Névoa Entorpecente.

Status fundamentais para a briga: Força, Perícia e Arcano, dependendo das afinidades de sua arma de escolha.

Vigário Amelia parece uma versão de capuz adorável da Besta Clerical, mas ela tem diferenças fundamentais. A primeira delas é que ela consegue te alcançar muito facilmente se você tentar insistir em atacá-la pelas costas (alguns golpes tem alcance suficiente e podem te seguir com alguma facilidade, e eles tiram uma porrada da sua vida). A segunda é que ela tem uma quantidade enorme de HP (5367 contra 3015 da Besta Clerical, considerando dados do primeiro playthrough), o que vai te obrigar a ser bem econômico com sua reserva de Frascos de Sangue.

80Vigário Amelia (Foto: Divulgação)

A melhor estratégia, portanto, é ficar cara-a-cara com o chefe na distância de uma desviada, e esperar oportunidades para atacar seus braços e pernas. As melhores chances são quando ela salta à distância em sua direção (desvie para a esquerda e dê dois ou três golpes quando ela estiver no chão) ou quando ela levanta os dois braços e tenta te esmagar (espere o último momento para saltar para algum dos lados – NUNCA para trás – e ataque quatro vezes seus braços).

 Ambos são usados se você ficar muito tempo na frente dela. Assim como a outra fera, destruir os membros de Amelia a deixa vulnerável a um Ataque Visceral. Aproxime de sua cabeça quando ela ficar de quatro e você ouvir a dica sonora e aperte R1. Depois da animação do golpe, continue mantendo pressão: a cabeça dela ainda vai ficar alcançável, e se golpeada o bastante, vai fazer o monstro proteger o rosto por alguns segundos e ficar vulnerável a ainda mais ataques.

A segunda etapa da luta é que é a mais complicada: depois de perder 50% do HP, Amelia fica mais agressiva, mas também tenta tomar distância do jogador e usar um potente feitiço de cura. Não se afobe: isso ocorre apenas quando ela abraça o medalhão e começa a brilhar. Se ela parar, emitir luz e uivar, ela está apenas recuperando seus membros, e isso não afeta o HP dela. Com isso em mente, há duas maneiras de puni-la: a primeira e melhor delas é lançar uma Névoa Entorpecente contra ela, que não só cancela a animação de cura, como também a impede de usar a magia por preciosos 30 segundos. Este é um item raro nesta altura do game, então use apenas se você estiver confiante na vitória. Outra ideia é aproveitar a deixa e atacar seus membros enquanto ela estiver se curando. Com sorte, você destrói um e ela para. Com mais sorte, dá para detonar um segundo e fazê-la cair no chão.

De resto, continue sendo paciente e procurando oportunidades de contra-ataque. E lembre-se: o pior plano contra Amelia é aquele que te levar a secar todos os Frascos de Sangue do seu inventário de forma irresponsável.

O que você achou de Bloodborne? Comente no Fórum do TechTudo!

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.