A Microsoft confirmou que o Windows Media Center não será atualizado no Windows 10. O aplicativo – que permite gravar TV ao vivo e reproduzir diversos tipos de mídia como músicas, vídeos e fotos – já estava sendo abandonado aos poucos, sobrevivendo apenas como um add-on que não será compatível com a nova versão do sistema operacional que já está em fase de testes e chega até o fim do ano.
Microsoft libera preview do Office 2016 para computadores Windows 
Avanço da tecnologia fez com que software se tornasse obsoleto (Foto: Reprodução/Microsoft)
O motivo principal para a aposentadoria do software, segundo a fabricante, é que ele se tornou obsoleto com o passar dos anos, que trouxeram novos avanços tecnológicos que resultaram em uma mudança de comportamento nos usuários que usavam computadores para consumir mídia. Isso ocorre, principalmente, por que a velocidade e a estabilidade da Internet melhoraram, o que fez com que os usuários passassem a consumir mídias por streaming e não reproduzindo DVDs ou Blu-Ray, como era comum na época em que o Windows Media Center foi lançado. Os dados da Microsoft reforçam essa tendência, demonstrando que o número de pessoas que usam o Windows Media Center têm diminuído com o passar dos anos. O software surgiu em 2004 como parte de uma edição especial do Windows XP e continuou sendo parte integrante do sistema operacional...

>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.