Não está com tempo de ler? Ouça este conteúdo.

Recarregar o iPhone pegando energia “do ar” pode ser a próxima possibilidade para os usuários do iOS. Uma nova capinha carregadora promete permitir que isso aconteça, aumentando a duração da bateria em até 30%. Mas de maneira bem lenta e gradual. Entenda como funciona.

iOS 9, novo OS X e mais: veja o que esperar do WWDC 2015

Case vai receber fundos pelo Kickstarter (Foto: Divulgação)Case que recarrega pelo ar vai receber investimentos pelo Kickstarter (Foto: Divulgação)

A capinha, da empresa da empresa Nikola Labs, tem uma antena que captura as ondas que ficam no ar e um circuito conversor de energia. Conforme ela vai captando esses sinais, eles vão sendo transformados para carregar a bateria do gadget. É um processo passivo e contínuo, que pode auxiliar bastante na extensão da vida útil da bateria do iPhone.

A expectativa é de que os desenvolvedores cobrem US$ 99 (cerca de R$ 303) por cada unidade da capinha. Ainda não há informações sobre disponibilidade, nem especificações técnicas, cores e modelos que serão compatíveis com o acessório. Tudo isso deve começar a ser divulgado em alguns meses. Em breve, a empresa vai começar uma campanha no Kickstarter para arrecadar fundos e tirar o projeto do papel.

Será que a moda de smartwatch pega? Dê sua opinião no Fórum do TechTudo

O case, apesar de parecer milagroso, deixa a desejar. A recarga acontece bem lentamente e se limita a aumentar a bateria do celular em 30%. O lado bom é poder esperar um pouco mais para conectar o iPhone na tomada. Resta saber se a tecnologia vai fazer o sucesso esperado, mesmo concorrendo com os diversos carregadores portáteis e capas para smartphones que já estão no mercado.

Via Engadget e Niko Labs

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.