Não está com tempo de ler? Ouça este conteúdo.

O Windows 10 para celulares e computadores serão idênticos? Há muitas semelhanças nas versões da plataforma para cada tipo de dispositivo, seja ele móvel, desktop ou híbrido. Entretanto, embora a Microsoft tenha batido na tecla da unificação do Windows 10 para computadores e celulares e, de fato, alguns elementos como a interface, os aplicativos universais e as configurações do sistema sejam compartilhadas entre os diferentes dispositivos, há também muitas diferenças. Entenda os detalhes.

Entenda como Windows 10 vai rodar aplicativos para Android e iPhone

Windows 10 chegará para smartphones e PCs este ano com algumas diferenças (Foto: Divulgação/Microsoft)Windows 10 chegará para smartphones e PCs este ano com algumas diferenças (Foto: Divulgação/Microsoft)

Interface

Nos computadores desktop e notebooks, o Windows 10 deve manter os blocos dinâmicos (live tiles) dos aplicativos modernos, mas restritos ao clássico menu Iniciar presente até o Windows 7. Fora isso, a versão trabalhará com abas múltiplas de trabalho nas quais serão abertos quantos aplicativos o usuário quiser, em uma interface bem mais adaptada ao mouse e teclado. Uma bela "volta às suas origens".

Windows 10 para computadores terá a interface clássica do Windows misturada com os blocos dinâmicos (Foto: Reprodução/Elson de Souza)Windows 10 para PCs terá a interface clássica do Windows e os blocos dinâmicos (Foto: Reprodução/Elson de Souza)

Já o Windows 10 para telefones terá a aparência feita para usar com os dedos, com ícones e botões maiores e mais espaçados, adaptados às telas sensíveis ao toque. Fora isso, todos os aplicativos rodarão em tela cheia, sendo possível executar apenas um ou dois por vez, conforme indicam alguns rumores e últimas builds. Os smartphones também não terão área de trabalho, como nos PCs.

A única exceção para isso é no chamado modo Continuum. Em computadores híbridos e 2-em-1, o Windows 10 readaptará a sua interface para telas sensíveis ao toque, mostrando os apps e Menu Iniciar em tela cheia, quando for solicitado ou couber a mudança. Já em celulares, o caminho será oposto: mostrando uma área de trabalho quando conectados a teclados, mouses e monitores como periféricos.

Aplicativos

O Windows 10 chegará aos computadores rodando os aplicativos instalados na loja da Microsoft e também fora dela. Isso significa que o sistema da Microsoft continuará rodando tanto os aplicativos baseados em arquitetura clássica de PCs, como o Photoshop e o Corel Draw, quanto os aplicativos modernos de celulares e tablets. A loja, porém, será unificada para todos os seus sistemas.

Windows 10 para smartphones é feito para ser usado por toques e tem suporte apenas a apps da loja (Foto: Elson de Souza/TechTudo)Windows 10 para smartphones é feito para ser usado por toques com apps da loja (Foto: Elson de Souza/TechTudo)

Já os celulares poderão instalar apenas os aplicativos que estiverem presentes na Windows Store. Além disso, os aparelhos atuais não possuem suporte à arquitetura de PCs, deixando-os restritos aos aplicativos móveis e desenvolvidos especialmente para chips ARM, usados nesse tipo de aparelho.

Chamadas telefônicas

Com a chegada dos aplicativos universais ao Windows, muito se especula se a Microsoft irá permitir que as pessoas façam ligações a partir dos computadores, como a Apple fez com o iPhone e Mac OS. No entanto, essa ainda continua sendo uma diferença entre as plataformas: na versão preview dos PCs é impossível fazer chamadas telefônicas como nos celulares, exceto através de serviços VoIP como Skype, Viber e outros que usam as conexões de Internet e tecnologia de voz sobre IP.

Dispositivos suportados

Windows 10 poderá ter uma interface adaptada para para tablets e dispositivos híbridos (Foto: Reprodução/Elson de Souza)Windows 10 poderá ter uma interface adaptada para para tablets e dispositivos híbridos (Foto: Reprodução/Elson de Souza)

A Microsoft pretende atingir públicos bem distintos com o Windows 10. A versão móvel do sistema, por exemplo, será destinada a telefones e tablets com até 8 polegadas, que é um tamanho compatível com o iPad mini. Já de computadores, com suporte a todo tipo de aplicativo, estará presente em PCs e tablets maiores equipados com chips de arquitetura 32 bits e 64 bits. Foram divulgadas pela Microsoft, ainda, sete versões diferentes do Windows 10; entenda para que serve cada uma delas.

Data de lançamento

A Microsoft já confirmou que o Windows 10 deve chegar em tempos diferentes para celulares e computadores. A versão para PCs chegará primeiro, durante o inverno brasileiro, entre os meses de junho e setembro. Já o sistema para computadores será lançado com algum tempo de atraso, provavelmente no final do ano, antes do Natal e Ano Novo e, quem sabe, em novos smarts Lumia.

Muita ainda coisa pode mudar

Windows 10 para smartphones e computadores seguem em teste e Microsoft pode trazer novidades (Foto: Reprodução/Elson de Souza)Windows 10 para smartphones e computadores seguem em testes pela Microsoft (Foto: Reprodução/Elson de Souza)

Essas são apenas as principais diferenças entre as versões técnicas do Windows 10 para smartphones e computadores. A Microsoft ainda segue com os testes do sistema e pode revelar muitas novidades até o lançamento da versão final, como a função de chamadas em computador, por exemplo. Resta aguardar o que virá nas próximas semanas.

Qual o melhor Windows de todos os tempos? Comente no Fórum do TechTudo.

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.