Leio duas notícias sobre o mesmo tema, uma com boas novas, outra assustadora. Pela natureza de ambas, achei que valeria a pena compartilhar com vocês.
Veja todas as colunas do B. Piropo A primeira foi publicada há cerca de uma semana. Em artigo intitulado “Discos rígidos perdem vez para a memória flash”, o vice-presidente de uma grande empresa do ramo afirma: “Há uma mudança evidente no mercado de armazenamento de dados. E uma delas envolve o disco rígido. Ao longo dos últimos cinco anos, a tecnologia se desenvolveu e o disco mecânico está migrando para o flash no mercado de armazenamento primário”.
Vertex 2 Solid State Drive (Foto: Reprodução)
É verdade. Eu mesmo só tenho usado discos de estado sólido em meus computadores, mantendo apenas uma unidade de disco magnético em cada um para armazenar a cópia de segurança das SSD. E no mercado corporativo não tem sido diferente desde que o desenvolvimento da tecnologia – com o emprego de técnicas como compressão e duplicação de dados – aliado à economia de escala proporcionada pelo aumento das vendas, fez com que os preços de unidades de disco de memória (discos “flash” ou SSD – de “Solid State Disk”), tenham caído ao ponto de se tornarem competitivos. O fato está relacionado às evidentes vantagens que oferecem, já que quase nada pesam. Seu tamanho é uma fração do tamanho das unidades magnéticas e são mais de dez vezes mais rápidos que estas últimas. Wilson Grava, da Pure Storage, citado no artigo, prevê que na próxima década os discos de m...

>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.