Não está com tempo de ler? Ouça este conteúdo.

Destiny, enfim, tem sua segunda expansão. Casa dos Lobos chegou ao PS3, Xbox 360, Xbox One e PS4 na última nesta terça-feira (19) e trouxe uma lista extensa de novidades. O TechTudo testou o DLC, e as impressões você confere abaixo. Ela “revitaliza” um pouco o jogo, que estava estagnado há algum tempo, mas a questão é: será que é o suficiente até setembro?

Destiny: conheça as novidades da expansão Casa dos Lobos

Casa dos Lobos, enfim, chegou ao Destiny (Foto: Reprodução/Thiago Barros)Casa dos Lobos, enfim, chegou ao Destiny (Foto: Reprodução/Thiago Barros)

A resposta é: provavelmente, não. House of Wolves tem um conteúdo bem interessante, mas alcançar o novo nível máximo do game pode ser feito em um dia, caso o gamer se dedique muito e tenha um pouco de sorte. Mas, no geral, o DLC vale a compra para um usuário que curte Destiny e quer um pouquinho de novidade.

Arrecife e missões da Rainha

A primeira coisa que você deve fazer após instalar Casa dos Lobos é ir ao Arrecife. Um pequeno vídeo de introdução será reproduzido, e o usuário será levado ao novo espaço social, chamado de Posto de Vesta. Encontre a Emissária da Rainha, Petra Venj, para a aventura ser iniciada.

Tudo começa indo ao Arrecife (Foto: Reprodução/Thiago Barros)Tudo começa indo ao Arrecife (Foto: Reprodução/Thiago Barros)

Ao todo, são cinco novas fases de história, na Terra e em Vênus, além de uma etapa na Patrulha em Vênus, um Assalto na Lua e mais seis contratos (três para matar os alvos já conhecidos da quest que começou na última semana e três para derrotar novos inimigos). Estes contratos são semanais e serão liberados toda terça-feira.

As missões novas são bem interessantes, e bastante desafiadoras se jogadas no nível 32, que é o mais difícil. O Assalto, que também é o Semanal e Anoitecer desta semana, também é bastante complicado. A história se resume em vingar a Rainha dos Despertos, derrotando os Decaídos da Casa dos Lobos.

Complete os contratos de Petra (Foto: Reprodução/Thiago Barros)Complete os contratos de Petra (Foto: Reprodução/Thiago Barros)

Após serem expulsos da Terra pelos Guardiões e do Arrecife pela Rainha, eles ficam vagando por diversas regiões, especialmente Vênus, para tentarem se restabelecer e ganhar força total. Sua missão é impedir que isso aconteça. O enredo é legal, as suas missões são divertidas e, no geral, é um conteúdo interessante que foi adicionado.

Novos modos cooperativo e competitivo

Mas a grande graça de House of Wolves, sem dúvida, está na Prisão dos Anciões, que já foi liberada, e nos Desafios de Osíris, que são semanais e saem toda sexta-feira. Se não tem nova Incursão nesta DLC, sobra emoção e desafio na Prisão, que é um modo Arena, em que três guardiões têm que derrotar muitos inimigos para ganharem recompensas.

Novo modo Coop tem modificadores e ondas de inimigos (Foto: Reprodução/Thiago Barros)Novo modo Coop tem modificadores e ondas de inimigos (Foto: Reprodução/Thiago Barros)

Após concluir as missões, você libera estas arenas, que estão disponíveis nos níveis 28, 32, 34 e 35. Em cada arena, você tem que superar quatro rounds com três ondas cada, e mais um quinto com um chefão e inimigos ainda mais poderosos. Se conseguir, irá para a sala onde usará o item Chave do Tesouro para abrir um grande baú e pegar o loot.

A tensão, diversão e emoção deste modo de jogo são bem impressionantes. Até mesmo no nível 28, quando você tem um personagem no nível 32, não é lá tão fácil passar todas as etapas. Subindo de nível, então, a coisa fica ainda mais complicada, mas ganha-se as melhores recompensas, como a Luz Etérica, para upar armas e equipamentos antigos.

É um pouco repetitivo, e pode irritar bastante, como quase tudo em Destiny, mas também pode ser viciante – também como quase tudo em Destiny. Para quem gosta, é muito bom. Forme um trio com dois amigos e vá enfrentar este desafio, pois vale bastante. E com os itens que dropar e seu progresso, você ainda pode comprar itens e armas no Arrecife.

Upgrade de armas e equipamentos

Armas e equipamentos podem ser upados com fragmentos exóticos, que são comprados no Xür, vendedor que aparece toda sexta-feira, ou obtê-los ao quebrar itens exóticos. Armas vão para dano 365 e equipamentos para o nível 42 de luz. Caso você já tenha fragmentos guardados, faça isso assim que iniciar a quest da nova DLC.

Armas agora chegam ao nível 365 (Foto: Reprodução/Thiago Barros)Armas agora chegam ao nível 365 (Foto: Reprodução/Thiago Barros)

Para fazer upgrade de armas e equipamentos lendários, no entanto, é um pouquinho mais trabalhoso – porém, simples. Você precisa do item Luz Etéria, que cai apenas ao fazer os níveis 34 e 35 da Prisão dos Anciões, e também pode ser uma recompensa do Anoitecer. Ou seja, é preciso trabalho duro e sorte, conforme dito anteriormente.

Caso isso aconteça, porém, você pode chegar ao nível 34 em um dia. Basta completar a quest, fazer algumas vezes a Prisão dos Anciões e um Anoitecer. Três itens deste, mais um fragmento exótico para upgrade em um item exótico, e pronto, o usuário já alcançará este level. O que tem um lado bom e um lado ruim.

Após a Prisão dos Anciões no level 32, você já vai para o level 33 (Foto: Reprodução/Thiago Barros)Após a Prisão dos Anciões no level 32, você já vai para o level 33 (Foto: Reprodução/Thiago Barros)

O ponto positivo, claro, além da sensação de sucesso, é deixar o personagem preparado para a Prisão dos Anciões no nível 35, que é a mais difícil de todas e que, por isso, tem o loot melhor no baú do final. Apesar de desafiador, é rápido e pode fazer com que o conteúdo não dure tanto tempo na comunidade.

Conclusão: Casa dos Lobos vale o investimento, mas…

No fim das contas, House of Wolves é um conteúdo interessante para Destiny, e que tem um preço bem justo na PSN brasileira, de R$ 40. O investimento é válido, especialmente para quem tem o hábito de jogar o FPS futurista. O legal é ver que a Bungie, já tanto criticada por muitos gamers, acertou em muitas coisas nesta expansão.

Casa dos Lobos tem missões bem divertidas (Foto: Reprodução/Thiago Barros)Casa dos Lobos tem missões bem divertidas (Foto: Reprodução/Thiago Barros)

O upgrade de armas e equipamentos antigos, fazendo com que todo o seu progresso não seja em vão e com que as incursões antigas ainda sejam importantes; o fim das estimas, que eram moedas para comprar itens na Vanguarda e no Crisol; a troca de fragmentos e energias; e um novo modo PvP foram alguns dos acertos da DLC.

A chegada ao nível 34 pode ser bem rápida, é verdade, mas também pode demorar. Os drops podem ser ótimos, ou então nem tanto. O sistema aleatório de Destiny continua e suas principais características também. Para quem não joga ou já enjoou, isso pode ser “mais do mesmo”. Mas não há dúvida que Casa dos Lobos o deixa ainda mais completo.

O problema é saber o quanto isso vai deixar os guardiões entretidos no jogo até o lançamento da DLC de setembro, que será a maior até agora e não está inclusa nem naquele bundle da versão Guardião, que tinha as duas primeiras. A Bungie, claro, só espera que sim. Os usuários, porém, podem acabar cansando rápido. Resta esperar.

O que achou de Destiny, o novo game da Bungie? Opine no Fórum do TechTudo!

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.