Cientistas do Instituto de Tecnologia da Califórnia (Calteh), nos Estados Unidos, revelaram uma nova tecnologia que permite que pessoas controlem membros artificiais, como braços, apenas com o poder da mente. A 'mágica' acontece através de um chip que é implantado no cérebro. O estudo visa ajudar pessoas com paralisia e promete controle desses membros com maior precisão e velocidade do que as técnicas atuais oferecem.
Bebidas em cápsula? Entenda como a tecnologia funciona
Prótese segue sinais captados na região do cérebro que imagina o movimento (Foto: Reprodução/Youtube)
Essa não é a primeira vez que sensores são implantados no cérebro para
ajudar no movimento. O problema das outras tentativas é que todo o
processo acontecia lentamente, o que deixava a ação mais artificial. A
tecnologia do Caltech torna esta ação mais natural. A desvantagem,
entretanto, é que como ela ainda não foi muito desenvolvida, os
movimentos não correspondem exatamente ao que o paciente imagina.
Assim como outras ordens do cérebro, o movimento tem origem em um impulso elétrico originado nos neurônios, que é então enviado pela espinha aos membros correspondentes e executado. Quando uma pessoa sofre danos nesta área do corpo, o sinal perde a rota para a área afetada, mas continua sendo emitido. Os sensores conseguem interceptar esse sinal e enviá-lo para um computador que os decodifica e transforma em comandos para o braço robótico.
<b>Paciente conseguiu beber sozinho usando prótese </b&...

>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.