Com a popularização da Internet, o termo “roteador 3G” ficou cada vez mais comum. Mas, afinal de contas, o que é um roteador 3G e qual a diferença dele para um roteador “comum”? Quais as vantagens dele? Essas e outras perguntas serão respondidas nesse artigo. Antes, deixaremos claro que esse é um artigo voltado para o público leigo. Logo, evitaremos o uso excessivo de termos técnicos, procurando tornar mais claro e simples possível essa tecnologia para pessoas comuns.
Novos roteadores Archer AC 'baratinhos' prometem Wi-Fi ultrarrápido O que é um roteador?
Exemplo de um roteador wireless (Foto: Divulgação/D-Link)
Um roteador nada mais é do que um equipamento usado em redes de computadores que distribui a internet de um ponto para demais máquinas. Como o nome deixa subentendido, ele procura as melhores, mais rápidas e mais curtas rotas (daí o nome roteador) para a informação chegar até o destino. Diferentemente de um modem, que conecta apenas uma única máquina à internet, o roteador pode conectar vários computadores. Antigamente, era comum o uso de roteadores cabeados. Os mais simples possuíam quatros portas Ethernet que permitiam conectar quatro computadores à grande rede. Com o aumento do uso das redes wireless (ou sem fio), foram surgindo roteadores wireless, que usam antenas, capazes de conectar não só computadores via cabo, mas também por sinal Wi-Fi. É com eles que hoje você usa a internet da sua casa no notebook, smartphone, videogame e tablet. Então, o que é um roteador 3G?
Exemplo de roteador wi...

>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.