Não está com tempo de ler? Ouça este conteúdo.

A próxima versão do Android, batizada, por enquanto, somente de "Android M”, foi apresentada na última quinta-feira (28), com uma prévia já disponível para desenvolvedores. Se você não é usuário de um dispositivo Nexus elegível ou não quer se aventurar em um sistema experimental, reunimos a seguir as principais novidades do software. Confira o que mudou em relação ao Android 5.0 (Lollipop).

Descubra quando a versão final do Android M chega para o seu celular

Confira as novidades do Android M (Foto: Reprodução/Paulo Alves)Confira as novidades do Android M (Foto: Reprodução/Paulo Alves)

Animações

De primeira, é possível ver alguns refinamentos no Material Design, estreado em 2014 com a versão 5.0 do Android. A mais importante delas – a mais visível, pelo menos – é a animação de abertura de apps, que deixa de ser de baixo para cima e passa a expandir a partir do ponto de toque na tela.

Android M tem nova animac¸a~o de abertura de apps (Foto: Reprodução/Paulo Alves)Android M tem nova animac¸a~o de abertura de apps (Foto: Reprodução/Paulo Alves)

As mensagens de notificação também estão diferentes. Com uma animação mais suave, elas agora descem e “quicam” levemente, quando chegam. Além disso, são descartadas mais facilmente com um deslize para cima ou para os lados.

Gaveta de aplicativos

Apps são organizados em lista vertical no novo Android (Foto: Reprodução/Paulo Alves)Apps são organizados em lista vertical no novo Android (Foto: Reprodução/Paulo Alves)

Outra mudança bem aparente está na gaveta de aplicativos, que ganha organização na vertical e separação por letras do alfabeto, como em uma agenda. Além disso, o topo da gaveta mostra um novo campo de buscas e os quatro apps utilizados por último, – vale lembrar que o botão de multitarefa do Android não exibe só apps, mas abas do Chrome e telas de configurações também.

Atalho de voz na tela bloqueada

Atalho de busca de voz entrou no lugar do discador na tela de bloqueio (Foto: Reprodução/Paulo Alves)Atalho de busca de voz entrou no lugar do discador na tela de bloqueio (Foto: Reprodução/Paulo Alves)


A tela de bloqueio do Android M substituiu um dos atalhos acessados na versão Lollipop. Agora, ao deslizar a partir do canto inferior esquerdo, o usuário abre a pesquisa de voz do Google, no lugar do discador, que parece ter virado uma função secundária.

Controle de volume

Volumes de alarme, notificações, mídia e ligações agora estão separados (Foto: Reprodução/Paulo Alves)Volumes de alarme, notificações, mídia e ligações agora estão separados (Foto: Reprodução/Paulo Alves)

O sistema de controle de volume ficou bem completo, o que deixa as críticas ao Android 5.0 (Lollipop) no passado. Ao pressionar o botão físico do aparelho, uma janela exibe um controle de volume expansível, que passa a mostrar até quatro níveis diferentes e que podem ser modificados de forma independente: notificações, mídia, alarme e chamadas.

Não perturbe

Não Perturbe agora está mais organizado e com atalho nas notificações (Foto: Reprodução/Paulo Alves)Não Perturbe agora está mais organizado e com atalho nas notificações (Foto: Reprodução/Paulo Alves)

O modo "Não Perturbe" saiu do pop-up de volume e ganhou um botão próprio na cortina de atalhos. Quando clicado, exibe também mais opções, se comparado à versão anterior: é possível silenciar completamente o aparelho por tempo predeterminado, ou liberar alarmes e contatos prioritários.

Configurações Google

Preferências do Google ficam dentro das configurações (Foto: Reprodução/Paulo Alves)Preferências do Google ficam dentro das configurações (Foto: Reprodução/Paulo Alves)

As configurações de aplicativos do Google, que antes eram acessíveis por meio de um app separado, agora se encontram dentro das configurações gerais do sistema. A partir dali, é possível criar preferências no Google Now, de reconhecimento de voz e outros serviços embutidos.

Novo menu de apps e permissões

Agora é possível modificar permissões por app (Foto: Reprodução/Paulo Alves)Agora é possível modificar permissões por app (Foto: Reprodução/Paulo Alves)

Nas configurações, o menu de programas instalados foi remodelado e está mais fácil de usar. Em uma primeira tela, ele exibe uma lista com todos os itens baixados ou pré-instalados no aparelho, e informações sobre o dispositivo são descritas dentro de um menu próprio para cada app. É ali que o usuário poderá tirar proveito de uma das principais novidades do Android M, o controle de permissões de aplicativos. Essa função permitirá que o usuário escolha quais partes do celular serão acessadas por cada software. 

Tema escuro

Há nova opção de tema escuro nas configurações (Foto: Reprodução/Paulo Alves)Há nova opção de tema escuro nas configurações (Foto: Reprodução/Paulo Alves)

Qual o seu sistema operacional favorito? Comente no Fórum do TechTudo

A tela de configurações do Android até a versão 4.4 era escura, depois se tornou clara no 5.0, e parece que agora vai oferecer os dois tons. Na versão “M”, é possível trocar entre os temas dark e light, por meio do menu de desenvolvedores, e até ativar um modo automático, que escurece a tela, conforme o passar do dia, de modo a economizar mais energia quando a tela estiver acesa à noite.

Consumo de bateria

Ainda é cedo para cravar, mas o recurso Doze parece funcionar bem na economia de bateria. Em repouso, nosso teste mostrou que o Android M não deixa cair sequer 1% de bateria, gerando uma autonomia maior. No Nexus 5, cujo consumo pode ser bem inconsistente, o tempo de stand-by otimizado gerou algo em torno de 3 horas a mais de uso em um dia moderado.

Doze otimiza tempo de stand by no Android M (Foto: Reprodução/Paulo Alves)Doze otimiza tempo de stand by no Android M (Foto: Reprodução/Paulo Alves)

Vale lembrar, porém, que o mesmo foi percebido na versão de testes do Android L, há um ano. Naquela ocasião, a prévia do Lollipop mostrou um resultado promissor para o consumo de bateria, devido ao Project Volta, algo que não foi visto quando o sistema operacional foi lançado publicamente mais tarde.

O que ainda não veio

Apesar de bem completa, a primeira prévia do Android M ainda não contém dois recursos lançados durante o Google I/O este ano. O mais importante deles é o Now on Tap, nova função que dá ao Google acesso total às informações exibidas na tela em qualquer aplicativo para que possa sugerir buscas – é como se o celular pudesse adivinhar suas dúvidas em qualquer tarefa. Outra ausência é o Android Pay, método de pagamento digital cuja chegada é incerta no Brasil.

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.