As emissoras de TV brasileiras estão em um processo de transição do sinal analógico para o digital. O primeiro é aquele que é transmitido cheio de ruído, chiados e imagens ruins. Já o segundo nos entrega uma imagem mais nítida e limpa. No entanto, para usufruir do sinal digital, nossas TVs precisam ter ou um conversor ou um receptor digital. Neste artigo, o TechTudo vai explicar exatamente o que é cada um destes itens. Vamos lá?
Como tornar sua TV smart: veja dicas com diferentes maneiras O que é um conversor digital?
Conversor e Gravador Digital DTV-5000 (Foto: Divulgação/Aquário)
Um conversor digital, como o nome já deixa subentendido, é um aparelho que converte o sinal analógico em digital. Este aparelho é também conhecido no mercado como set-top box. Portanto, se estiver à procura de um, pergunte ao vendedor da loja se ele tem um set-top box, ao invés de conversor digital.
O que é um conversor digital? Entenda a tecnologia das imagens ‘perfeitas’ Com ele a “mágica” acontece porque ele divide o sinal analógico vindo das antenas da emissora em pacotes de dados, que são separados em três categorias: áudio, vídeo e dados. Cada um desses pacotes é então convertido em código binário, que é usado no sinal digital. Só depois disso é que as informações são enviadas para as saídas de áudio e de vídeo do seu televisor. O que é um receptor digital?
Receptor digital da Proview (Foto: Divulgação/Proview)
Um receptor digital está associado diretamente à antenas parabólicas. Podemos encontrar ...

>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.