O número de viciados em smartphones cresceu quase 60% no último ano. Se as pessoas consideradas viciadas se reunissem em um país, ele seria o quarto mais populoso do mundo, com 280 milhões de habitantes. Mensageiros e redes sociais lideram o ranking de apps mais utilizados.
USB-C, micro USB e lightining: veja as diferenças das entradas para celulares
O número de pessoas viciadas em smartphones aumentou 59% no último ano (Foto: Luciana Maline/TechTudo)
De acordo com a consultoria Flurry, responsável pelo estudo, é considerado como viciada em celular a pessoa que abre aplicativos mais de 60 vezes ao longo de um dia. Na comparação com o ano passado, o número de viciados cresceu 59%. São 280 milhões de pessoas nessa situação. Se morassem em um mesmo país, essa população ocuparia a posição número 4 no mundo, com mais gente do que no Brasil inteiro.
A quantidade de consumidores regulares, que utilizam aplicativos entre uma e 16 vezes por dia, cresceu 25%, enquanto os “super”, que abrem apps de 16 a 60 vezes diariamente, aumentaram 34%, chegando aos 590 milhões de usuários. No total, são 1,8 bilhão de usuários no mundo.
"País dos viciados" ocuparia a 4ª posição no ranking de população mundial (Foto: Divulgação/Freezy)
O estudo também apontou as categorias de aplicativos mais utilizadas por pessoas viciadas, em comparaç...

>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.