Fórmula 1 é uma marca que já rendeu grandes jogos no passado e continua a gerar games divertidos no presente. O clássico inesquecível F1 Championship Edition do PSOne continua como um dos melhores de todos os tempos, mas outros títulos que vieram depois também se destacam. Confira os melhores jogos baseados na Fórmula 1:

Leia o review de F1 Race Stars

F1 Championship Edition (Foto: Reprodução)

F1 Championship Edition (PSOne)

Um dos melhores de todos os tempos, com elenco de corredores atualizado e fiel para sua época, além de gráficos e controles extremamente caprichados. O título até hoje é bem jogável, ou seja, envelheceu muito bem, e continua tão divertido quanto era em seu lançamento original.

Confira os melhores jogos de F1 (Foto: Reprodução) (Foto: Confira os melhores jogos de F1 (Foto: Reprodução))

Era possível trocar a câmera do jogador de forma dinâmica, para ter uma maior sensação de velocidade, e conferir informações como se estivéssemos acompanhando uma transmissão ao vivo da corrida, com direito a narração. Além dos cenários bem caprichados, com direito a torcida, o game não falhava em rodar bem e aproveitar o máximo do hardware do PSOne.

Virtua Racing (Mega Drive, Saturn, fliperamas)

Este pode não ser um jogo oficial da marca Fórmula 1, mas era totalmente inspirado na série. Não haviam pilotos licenciados e nem pistas autorizadas, mas a diversão aqui estava resumida em outro ponto: os gráficos.

Virtua Racing, moderno e bonito (Foto: Divulgação)

Por ter sido lançado em uma época onde os jogos 2D dominavam, Virtua Racing extrapolou barreiras ao apresentar um jogo de corrida com gráficos vetoriais e 3D bem dinâmico. O jogo se saiu bem nas vendas e ganhou versões nos consoles caseiros, com destaque para a edição do Sega Saturn. Era quase impossível acreditar que o Mega Drive podia rodar um game deste tipo, porém.

Formula One ’06 (PSP)

A versão de 2006 do jogo da famosa marca era uma adaptação de outras edições já lançadas no PS2, mas impressionava por ser uma das primeiras edições portáteis de jogos de corrida deste tipo. O game tinha belos gráficos e rodava sem engasgos no até então poderoso portátil da Sony, o PSP.

F1 06 fez bonito no PSP (Foto: Divulgação)

O game também era bem técnico, com boas dicas sobre como se dar bem contra oponentes determinados, além de uma campanha detalhada de cada temporada. Este pode ser classificado como uma pérola escondida, já que poucos tiveram a oportunidade de testar sua qualidade.

F1 Race Stars (Xbox 360, PS3, PC)

F1 Race Stars pode não ser o game repleto de realismo ou simulação, mas é muitíssimo divertido e com alto fator de brincadeiras. Ele é uma espécie de “versão Mario Kart” de Fórmula 1, com versões infantis e caricatas de pilotos famoso, como Lewis Hamilton e Jenson Button.

... img src="//s2.glbimg.com/8Xxvyn0IT4_Hg8-DbDty5CDzuwI=/695x0/s.glbimg.com/po/tt2/f/original/2015/07/10/f1-race.jpg" alt="F1 Race Stars era engraçado (Foto: Divulgação)" height="450" width="695">F1 Race Stars era engraçado (Foto: Divulgação)

Assim como em Mario Kart, o que brilhava aqui era a jogabilidade voltada para as provocações contra os outros pilotos. Jogar itens contra eles, travar a pista, correr na frente e cavar derrapagens para atrapalhar os oponentes: valia de tudo. É outro game que foi pouco levado em conta, mas que vale muito a pena para os fãs do gênero.

Nigel Mansell’s Grand Prix (ZX Spectrum)

Muito antes de Senna, o lendário piloto britânico Nigel Mansell lançou seu próprio game de F1, mas no antigo aparelho ZX Spectrum, que nem mesmo paleta gráfica de cores modernas tinha. Ainda que tenha limitações, porém, o game era bem técnico e complexo para sua época, em 1988.

Nigel Mansell's Grand Prix (Foto: Reprodução)

É preciso, por exemplo, tomar cuidado com a estrutura do carro e também com a gasolina. Para uma época onde os jogos eram simples, esse aqui era um bom exemplo de como se preocupar em elevar o fator de simulação entre os fãs.

Super Monaco Grand Prix (Mega Drive)

Também conhecido como Super Monaco GP, este foi o game que levou a marca e o rosto de Ayrton Senna para o marketing. Senna era um grande fã de jogos de videogame, e ter um associado com sua pessoa deve ter sido uma honra tanto para ele, quanto para os fãs.

Super Monaco Gp tinha a presença de Ayrton Senna (Foto: Divulgação)

O jogo também tinha uma pitada de simulação, quando o piloto podia mudar de equipe e crescer na carreira, de acordo com seu esforço. Além disso, depois de cada corrida, tínhamos trechos “televisionados” daquela prova, simulando uma TV mesmo.

Formula One Championship Edition (PS3)

Formula One Championship Edition foi o primeiro jogo da marca no PS3 e até hoje é um dos mais lembrados da série. Assim como o game do PSOne, ele é um exemplo único e lembrado com muito carinho pela sua qualidade e gráficos.

F1 do PS3: até hoje um dos melhores (Foto: Divulgação)

O jogo rodava a 60 quadros por segundo, ou seja, de forma bem suave. Isso porque saiu no início aa sua geração, e já aproveitava bem o poder de processamento do console. Além disso, os controles eram muito bons e o game tinha vários elementos criativos, como a sequência de botões que era preciso pressionar na parada ao box.

Enduro (Atari)

Este é outro game não-oficial de Fórmula 1, mas que divertiu bastante uma geração inteira. Enduro era um game obrigatório para qualquer dono de Atari, já que o título era emocionante para sua época, mesmo com gráficos bem limitados – que achávamos super avançados.

O inesquecível Enduro (Foto: Reprodução)

Enduro era um jogo de corrida bem simples, onde era preciso correr e desviar dos adversários, que eram “infinitos”. Não havia posição na corrida e o game era quase sem fim, ainda que seja possível terminar e contabilizar seus pontos. O título tinha veículos inspirados pela F1, ainda que não tenha nenhuma pista desenhada ou marca oficial presente.

Qual é o melhor jogo de Fórmula 1? Comente no Fórum do TechTudo!

 



>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.