Gran Turismo sempre foi uma referência em relação aos gráficos. Desde o primeiro título, passando por Gran Turismo 3 e 4 (no PS2) e nos últimos Gran Turismo 5 e 6 (para PS3), o game sempre impressionou pelo visual muito semelhante ao que é visto na vida real. Confira a evolução de gráficos da franquia título por título:
Gran Turismo: veja curiosidades da série de corridas exclusiva da Sony
Gran Turismo é referência em realismo nos gráficos de games de corrida nos consoles (Foto: Divulgação/Sony)
Gran Turismo (1997) Sucesso arrebatador do PSOne, GT surpreendeu os gamers fãs de automobilismo. Foi o primeiro título a trazer carros de rua comuns e a buscar simular o comportamento dinâmico desses veículos. Até aquele momento, jogos de corrida se dividiam entre carros futuristas, ou modelos super esportivos, como Ferraris e Lamborghinis na série Need For Speed, sem um compromisso muito grande com as leis da física. Em termos gráficos, GT chamou muito a atenção do público para o uso de replays que simulavam uma transmissão de TV. Em Gran Turismo, jogadores puderam ver a pintura dos carros reagindo às condições de luz e, segundo Yamauchi, o game, que tinha sido desenvolvido por cinco anos, usava 75% do poder de processamento do PSOne.
Gran Turismo trouxe simulação e realismo para os consoles (Foto: Reprodução/GameZone)
Gran Turismo 2 (1999) O segundo jogo da série foi melhor do que o primeiro em tudo: tinha mais carros, mais pistas (com a inclusão de circuitos reais) e uma melhora sensível na qualidade gráfi...

>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.