O Google Street View é uma ótima ferramenta para conhecer locais distantes. No início do projeto, a gigante de buscas usava carros adaptados para registrar as imagens, mas existem lugares nos quais o veículo não pode ir, que acrescentou dificuldades ao projeto. A solução foi o Trekker, uma versão mais simples do equipamento, adaptado à uma mochila, que pode ser usado por uma pessoa caminhando.
Google Street View usa tirolesa e foto 360º na Floresta Amazônica; veja 
Google Trekker: sistema adaptado à mochila leva o Google Maps aos pontos mais distantes (Foto: Divulgação/Google)
Desde sua criação, o dispositivo foi usado para mapear diversos locais e, muitas vezes, ele próprio teve de ser adaptado. Confira algumas curiosidades deste acessório do Google que "cabe na mochila". 1) Primeiro local e estreia do Google Trekker O primeiro local que o Trekker foi usado foi o Grand Canyon, nos Estados Unidos. Segundo um dos criadores do equipamento, Steve Silverman, ele foi escolhido por ser icônico. “Meu pais não podem visitar o parque, mas podem caminhar por ele por que nós o mapeamos com o Trekker”, explica. Desde então, o projeto já passou por vários cenários diferentes em todo o mundo, como Abu Dhabi e a Floresta Amazônica. Confira como são os bastidores em 360° de trilhas incríveis do Street View.
Grand Canyon foi o primeiro local a receber o acessório do Google (Foto: Reprodução/Youtube)
2) Quem já usou o Google Trekker Apesar de ser projetado para humanos, o Trekker já precisou de adaptações para ser usad...

>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.