A SanDisk revelou planos de colocar no mercado versões de 6 e 8 TB de seus SSDs a partir de 2016. As informações foram confirmadas por Sanjay Mehrotra, CEO, durante uma conferência com investidores. Segundo o executivo, as novas unidades usarão processo de manufatura de NAND flash em 15 nm, com o início da comercialização dependendo da aprovação dos clientes.
Vale a pena investir em um notebook com SSD? Confira prós e contras
SanDisk atualmente comercializa linha Optimus com até 4 TB (Foto: Divulgação/SanDisk)
O mais interessante na novidade é que, gradativamente, SSDs começam a alcançar os HDs convencionais em espaço: atualmente, o maior disco rígido disponível é da Western Digital, com 10 TB. Ainda mais impressionante é o fato de que uma série de atrasos no desenvolvimento desses dispositivos provocou uma redução de custos no processo de fabricação, deixando aberta a possibilidade de que unidades de 16 TB sejam anunciadas no ano que vem.
SSD em conjunto com HD deixa o Windows mais rápido? Veja opiniões no Fórum do TechTudo Ainda segundo Mehrotra, a SanDisk vai manufaturar os dispositivos usando uma tecnologia da Toshiba em que os chips onde os dados são armazenados ainda seguem a orientação bidimensional tradicional. Além de reduzir custos, essa abordagem deve garantir que as primeiras versões dos novos SSD não tenham problemas de confiabilidade.
Apresentação da SanDis...

>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.