Pesquisas distintas revelam que o Brasil ainda se encaminha para ter uma fatia maior de mulheres jogando games eletrônicos, enquanto o sexo feminino já ultrapassou o masculino nos Estados Unidos.
Fifa 16 ganha dois novos jogadores lendários para modo Ultimate Tea
Em território americano, o maior grupo demográfico de jogadores são as mulheres com mais de 18 anos. Elas representam 36% do total de gamers. Na cola aparecem os homens com mais de 18 anos, respondendo por 35% do mercado
Ainda segundo a pesquisa da Associação de Software de Entretenimento, os adolescentes meninos aparecem em terceiro lugar no “top 3”, com 17% da fatia. Os números auxiliam a derrubar estereótipos de que os mais jovens são os que mais jogam games.
Angry Birds 2 é destaque de jogo casual (Foto: Reprodução)
Dúvidas sobre o PES 2015? Participe do Fórum do TechTudo
No Brasil a situação é um pouco diferente: os homens são maioria, respondendo por 52,9% de todos os jogadores, e as mulheres respondem pelos 47,1% restantes. Os dados são de uma pesquisa da Sioux e da Blend, empresas especializadas no mercado de jogos.
Para entender melhor os números e tendências, ouça o boletim CBN no Controle desta terça-feira (1º de setembro). O editor do TechTudo Thássius Veloso explicou os números e comentou sobre o domínio dos jogos casuais (...

>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.