Na coluna anterior mencionamos que, segundo pesquisa efetuada pelo conceituadíssimo Grupo Gartner, líder mundial em pesquisas sobre tecnologia da informação, quase 85% dos televisores de tela plana fabricadas em 2016 serão “inteligentes”.
Veja todas as colunas do B. Piropo Mas esta “inteligência”, uma forma transversa de dizer que tal ou qual dispositivo é dotado de certa capacidade computacional e pode se conectar à internet, não se restringe apenas aos televisores. Mesmo hoje, raramente se encontra um telefone celular que não seja “esperto” (uma variante do “inteligente”). E seus irmãos maiores, os tabletes, necessariamente também o são. Acontece que esta tendência deve se difundir. Em breve haverá no mercado um número surpreendente grande dos chamados dispositivos domésticos conectados (ou “inteligentes”), que irão desde controles de temperatura ambiente doméstica até gerenciadores de estoque de geladeiras e coisas que tais. Sua presença caracterizará uma “residência conectada” e quase todos manterão uma interessante relação com os televisores. Ainda na coluna acima mencionamos mais uma pesquisa, também do Grupo Gartner, que discute, entre outras coisas, a transmissão de vídeo ao vivo pelos usuários. Esta pesquisa, que pode ser examinada em detalhes no Relatório Gartner (www.google.com/url?q=http://www.gartner.com/) pertinente, discute o que se espera do desenvolvimento da tecnologia das TVs Inteligentes nos próximos anos. E chega a conclusões interessantes. Por exemplo: de acordo com o relatór...

>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.