Uma equipe de cientistas japoneses desenvolveu um novo tipo de bateria que pode ser recarregada quando exposta à luz solar. Quase transparente, a bateria é bastante fina e vem sendo desenvolvida com vistas a um futuro em que janelas de edifícios e casas sejam capazes de gerar energia. Outra possível aplicação dessa tecnologia prevê o uso desse tipo de produto em telas de dispositivos portáteis. Conheça as tecnologias que ‘nasceram’ no cinema e já são realidade
A bateria é transparente porque é muito fina, com seus componentes atingindo no máximo 90 nanômetros de espessura.
Quando em processo de recarga, a bateria reduz a transparência em 30% (Foto: Divulgação/Universidade Kotaguin)
Usando compostos químicos de lítio, que já são bastante difundidos na indústria de baterias, os cientistas criaram um protótipo que, quando exposto à luz solar, muda levemente de coloração, diminuindo sua transparência em 30%. A energia capturada na forma de luz é convertida em eletricidade, que recarrega a bateria num processo que pode garantir ao componente uma tensão de saída de 3,6 volts, bastante competitiva na atualidade. Segundo os criadores do projeto, uma vez completamente descarregada, a bateria atinge um índice de “transparência” de 60%. A pesquisa é conduzida na Universidade Kogakuin há alguns anos e a bateria transparente apresentada agora é uma evolução de um conceito anterior, também criado pelos japoneses, que aplicava uma pequena cél...

>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.