O iPhone 6S foi lançado na semana passada e seus preços já amedrontam consumidores pelo mundo. Principalmente os franceses, que serão aqueles que pagarão mais caro pelo smartphone. Enquanto nos Estados Unidos o modelo mais barato sairá por US$ 649, cerca de R$ 2.522 no câmbio atual, na Apple francesa o mesmo aparelho está em pré-venda por US$ 846,44, ou R$ 3.289. 

Quer um iPhone novo todo ano? Programa da Apple permite troca

Esses números são resultado de uma pesquisa que analisou os valores cobrados pela Apple em 11 nações: França, Canadá, Alemanha, Reino Unido, China, Austrália, Nova Zelândia, Singapura, Hong Kong, Japão e Estados Unidos. 

iPhone 6s tem preço alto em vários países (Foto: Divulgação/Apple)

Na Alemanha o preço também não é o dos melhores. O mesmo modelo sai a US$ 835,24, cerca de R$ 3.426, em conversão direta. No Reino Unido, o preço é de US$ 832,73 ou R$ 3.236,32 e na China o novo iPhone poderá ser comprado por US$ 828,84 (R$ 3.224).

De todos os lugares em que já começou a pré-venda, apenas na Austrália, Nova Zelândia, Singapura, Hong Kong e Japão o iPhone 6S pode ser adquirido por menos de US$ 800. Abaixo de US$ 700, apenas no Canadá, onde o preço é de US$ 677,73 (R$ 2.636,23).

... a> Participe do debate no Fórum do TechTudo.

A variação nos valores pode ser explicada não só pelo câmbio, mas pelos impostos que variam entre os países. E, embora o custo no Brasil ainda não tenha sido revelado, a combinação de taxas com a alta do dólar deve resultar em um preço mais salgado para o smartphone. 

Via Telegraph



>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.