A Qualcomm anunciou oficialmente sua entrada no mercado de drones. Batizada de Snapdragon Flight, a tecnologia pretende criar drones mais inteligentes, a partir da combinação de diferentes plataformas de computação móveis. A ideia é que as fabricantes equipem seus robôs e drones com o novo chip, que já foi liberado para algumas marcas.
Quer entrar na onda dos drones? Confira os modelos mais baratos no mercado A principal diferença do Snapdragon Flight para os demais está na junção de diferentes tecnologias em uma única placa, assim como já acontece com os smartphones. “O Snapdragon Flight permite que as sejam feitos drones mais leves, menores, fáceis de usar e acessíveis, com bateria de longa duração e funcionalidades superiores”, disse Raj Talluri, vice-presidente sênior de gerenciamento de produtos da Qualcomm.
Drone de referência para o Snapdragon Flight (Foto: Divulgação/Qualcomm)
Com 58 x 40 mm e com 13 gramas, o Snapdragon Flight é baseado no Snapdragon 801 de 2,26 GHz, que trabalha junto com a GPU Adreno 330. O chip tem suporte para câmeras 4K a 60 quadros por segundo e codificação 720p, para visualização em primeira pessoa. Suas opções de conectividade incluem Bluetooth 4.0, Wi-Fi dual band e GNSS, sistema de navegação por satélite que oferece maior precisão em localização e proporciona controle de voo em tempo real.
Drones que entregam encomendas, isso vai...

>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.