Uma tecnologia desenvolvida por cientistas da Universidade Brown, nos Estados Unidos, promete abrir caminho para a aplicação de altas frequências na transmissão de dados. A chamada radiação de terahertz promete velocidades 100 vezes maiores do que os padrões de comunicação sem fi atuais, baseados em micro-ondas no espectro dos gigahertz. Chip da Fujitsu agora pode transmitir vídeos 8K instantaneamente O desenvolvimento de padrões que apliquem frequências tão altas de comunicação sempre esbarrou em problemas físicos. Um exemplo disso é o fato de que a transmissão em terahertz, nos cabos usados hoje em dia, seria inviável, já que o próprio material que é usado nos fios de transmissão acabaria absorvendo parte da informação, atenuando o sinal e comprometendo a transferência.
Outro problema relacionado com a forma de se transmitir dados a essas frequências está relacionado com a estrutura das redes atuais. Hoje, em um mesmo cabeamento ótico ou canal wireless, viajam centenas de informações diferentes.
Imagem mostra o tipo de antena desenvolvido pelos cientistas para transmitir em terahertz (Foto: Divulgação/Universidade Brown)
Usando o que se chama de “multiplexers”, essas informações são realocadas na ponta final da rede. Um exemplo disso é a forma como um mesmo cabo pode transmitir incontáveis conversas telefônicas ao mesmo tempo, mas, no final do fio, cada usuário ouve apenas a chamada que lhe diz respeito. Porém, os cientistas estão confiantes de que uma nova interpretação do problemas pode resolver...

>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.