Os donos de Smart TV são assombrados por defeitos que costumam acontecer sem motivo aparente e de uma hora para outra, como burn-in, o ghosting e o tearing. Saiba o que são esses problemas, porque eles acontecem e como preveni-los ou solucioná-los sem precisar levar sua televisão a um técnico.

Burn-in

O burn-in é causado por imagens estáticas exibidas durante muito tempo (Foto: Reprodução/Eirik Soilhem)O burn-in é causado por imagens estáticas exibidas durante muito tempo (Foto: Reprodução/Eirik Soilhem)

O burn-in é um defeito tradicional das antigas televisões de tubo e das Smart TVs de plasma. Quando uma imagem permanece durante muito tempo na tela ela fica marcada no vidro. Isso acontece porque as partículas de fósforo das TVs de plasma podem perder a capacidade de reproduzir luz e se tornarem estáticas.

Infelizmente, os aparelhos com tela de plasma são sujeitos à esse problema, ao passo que TVs de LCD e LED dificilmente passarão por isso. A boa notícia é que é possível evitar o burn-in e até retirar as marcas da tela mesmo depois dele acontecer. Para evitar que o burn-in afete a sua televisão é necessário “amaciar” a tela entre as primeiras 200 e 500 horas de uso.

Manter a TV com estática durante algumas horas reduz o burn-in (Foto: Reprodução/Tumblr)Manter a TV com estática durante algumas horas reduz o burn-in (Foto: Reprodução/Tumblr)

Para amaciar a televisão, utilize apenas metade da capacidade de contraste e brilho do aparelho e evite assistir a imagens estáticas por mais de 30 minutos consecutivos. Por exemplo, transmissões esportivas com placas na tela e filmes com barras laterais ou verticais. A cada meia-hora mude a imagem dando uma rápida zapeada nos canais para movimentar as imagens. Após o período de amaciamento não será preciso se preocupar com isso, já que as chances de burn-in acontecerem serão bem reduzidas.

Caso sua TV já esteja com marcas na tela não é necessário levá-la para o conserto de imediato. As Smart TVs de plasma mais modernas já vêm com sistemas para reduzir e evitar o burn-in, como White Wash, que exibe uma imagem branca na tela, e o Pixel Shifting, que evita que os pixels se mantenham estáticos, mesmo quando nada se mexe na tela. Caso sua televisão não tenha essas funções você pode improvisá-las. Exibir imagens brancas, filmes com neve funcionam bem, ou sintonizar um canal com estática por algumas horas ajudam a reverter o efeito indesejado.

Ghosting

Ghosting mostra imagens duplicadas na tela (Foto: Reprodução/Wikipedia)Ghosting mostra imagens duplicadas na tela (Foto: Reprodução/Wikipedia)

As imagens com “fantasmas” ou ghosting, também são comuns em Smart TVs, principalmente nos aparelhos de LCD. Diferente do burn-in, o ghosting cria uma imagem “ao vivo” do que está sendo exibido na tela porque o sinal é recebido mais uma vez com uma diferença de milissegundos entre um e outro. Caso sua televisão esteja com este problema pode ficar tranquilo porque, provavelmente, não é nada grave e a solução é simples.

Para acabar com o ghosting, verifique se os cabos conectados à TV estão firmes. Qualquer conexão com mau contato, seja HDMI, de um DVD, videogame ou de áudio e vídeo, pode causar as imagens duplas na tela.

Se os cabos estiverem firmes na televisão e o problema persistir talvez algum outro aparelho esteja criando interferência. Desligue qualquer eletrônico que estiver próximo à TV, como computador ou impressora, por exemplo, e o ghosting deve desaparecer. Religue um aparelho de cada vez e descubra qual deles causa o aparecimento de “fantasmas” e afaste-o da TV.

Outra causa para o ghosting pode ser o sinal da sua TV a cabo ou antena. Se for

... possível, mova a antena até a imagem ficar perfeita ou entre em contato com sua operadora e avise sobre o problema.

Tearing

O tearing é comum em games de alta resolução (Foto: Reprodução/Wikipedia)O tearing é comum em games de alta resolução (Foto: Reprodução/Wikipedia)

O tearing não é um problema exclusivo das Smart TVs, ele pode acontecer com qualquer monitor ligado a outro dispositivo via HDMI ou que rode algum jogo. O tearing acontece quando a tela é dividida por uma linha que torna as imagens irregulares, com uma parte do monitor mostrando uma imagem mais avançada que a outra. O problema é causado porque a televisão recebe uma quantidade de quadros por segundo superior à sua capacidade para exibição na tela.

A maior parte dos jogos de videogame atualmente conta com um recurso de sincronização vertical (vsync) nos controles gráficos, que impede a formação de uma nova imagem antes do quadro anterior ser projetado por completo.

Caso o tearing aconteça ao conectar um computador ou laptop na televisão com HDMI, verifique o manual da Smart TV e ajuste a taxa de quadros por segundo de acordo com o recomendado pela fabricante.



>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.