A Intel oferece o processador chamado de Atom, para computadores mais básicos. A potência da tecnologia é bem mais fraca do que os populares chips dual-core, Core i3, i5 e i7 oferecidos em máquinas mais atuais. A fabricação é voltada para o mercado de notebooks e dispositivos móveis por seu baixo consumo de energia. Zen: O que esperar da nova arquitetura de processadores da AMD?Quer conhecer um pouco mais sobre o recurso? Então confira se vale a pena investir em um dispositivo com Intel Atom.
Intel Atom integra computadores All in one ou notebooks 2 em 1 (Foto: Divulgação/CCE)
Desempenho Para começar, o chip Atom oferece uma arquitetura x86 de 32 bits em computadores e essa tecnologia tem capacidade para rodar até 3 GB de memória RAM. Com isso, as máquinas integradas com o processador acabam oferecendo um funcionamento mais simples, para funções básicas. Então ele não é indicado para os usuários que procuram mais potência no notebook, e estes podem investir em versões de chips x64, com 64 bits. Vantagens e desvantagens Atualmente são poucos os computadores e notebooks tradicionais que vêm integrados com processador Atom. Isso porque as máquinas evoluíram para caber chips mais potentes, com capacidade maior de memória RAM. E essa é uma das desvantagens da tecnologia Atom: ela é mais básica e tem um uso mais limitado.
Computador de mesa com Atom, com funcionamento mais básico (Foto: Divulgação/Certo PC)
Por isso, as máquinas não são tão caras e sua compra é indicada apenas para quem quer uma usar funçõe...

>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.