O LG G3 tem preço de R$ 1.200. Mas isso não impede que ele seja pirateado. Uma uma cópia do smartphone custa muito menos do que o modelo original, lançado em julho de 2014. O barato, no entanto, pode "sair caro", com problemas sérios de desempenho e segurança. Com especificações inferiores, o aparelho falsificado não oferece ao usuário uma boa experiência. 

LG G3, G3 Stylus e G3 Beat: conheça as diferenças entre os modelos

Embora tenham corpo idêntico à primeira vista, as cópias do telefone têm diversas inconsistências que demonstram sua falta de qualidade. Confira as dicas a seguir e saiba como diferenciar um LG G3 falso de um original.

Saiba como identificar um LG G3 original de uma cópia (Foto: Lucas Mendes/TechTudo)

Design

O visual externo do LG G3 é a característica mais simples de ser copiada. Com isso, as versões piratas do celular contam com corpo parecido, mas hardware interno diferente e, é claro, inferior. 

Apesar disso, até mesmo a aparência exterior pode revelar a origem do smartphone. O G3 verdadeiro tem acabamento sofisticado, que, embora de plástico, imita metal escovado. O telefone pesa 149 g e está disponível nas cores preto, branco, dourado, roxo e vermelho. Ou seja, dispositivos de outras cores, pesos diferentes ou com plástico sem texturização indicam fraude.

Frente e parte traseira do LG G3 original (Foto: Divulgação/LG)

Para completar, o modelo vem com a logo da LG impressa tanto na traseira quanto na frente. Esse detalhe não pode ser um adesivo colado nem pode ser apagado com facilidade. O G3 original também não conta com botões laterais, mas, sim, na parte de trás. A entrada USB e de fones ouvido ficam no lado inferior do celular.

Especificações

Conhecer a ficha técnica do LG G3 pode ser muito útil para identificar se o smartphone é original ou cópia. O top de linha da LG oferece tela de 5,5 polegadas, câmera traseira de 13 megapixels, que filma em 4K, e câmera frontal de 2,1 megapixels (1080p).

Câmera principal do LG G3 tem 13 MP e grava em 4K (Foto: Lucas Mendes/TechTudo)

Quanto ao desempenho, o processador é o Snapdragon 801 com quatro núcleos, de 2,5 GHz. No Brasil, somente a versão com 16 GB de armazenamento interno é vendida, acompanhada de 2 GB de memória RAM. No exterior, porém, é possível encontrar o modelo de 32 GB de espaço interno e memória RAM de 3 GB. De qualquer forma, as duas edições vêm com suporte a microSD de até 128 GB.

O LG G3 tem conexão com redes 2G, 3G e 4G, com conectividade Wi-Fi, Bluetooth 4.0, NFC, infravermelho e entrada microUSB. A capacidade de bateria, por fim, é de 2.940 mAh. Caso o aparelho que você deseja comprar tem configurações muito discrepantes, o modelo, provavelmente, é pirata.

Tela

O tamanho da tela pode até ser fácil de copiar, mas isso não ocorre com a resolução. Com 1440 x 2560 pixels, a tela do LG G3 exibe uma das melhores definições do mercado, mesmo entre outros top de linha. A alta densidade do paine

... l, cerca de 538 pixels por polegada, traz cores vivas e impecáveis. Um smartphone falsificado oferece imagens menos vívidas e cores pouco fiéis.

Sistema operacional

O G3 sai de fábrica com o Android 4.4.2 (KitKat), com atualização disponível para o Android 5.0 (Lollipop). A personalização da LG na interface conta com ícones grandes em tons pastéis, mas sem muitas alterações visuais em relação ao Android “puro”.

Personalização da LG traz Android com poucas alterações (Foto: Lucas Mendes/TechTudo)

Alguns recursos só vão estar presentes em aparelhos feitos pela fabricante. Esse é o caso do Knock Code, sistema de bloqueio que substitui senhas por toques na tela. Além disso, os telefones verdadeiros vêm com opção para português do Brasil. Para testar o software, entre no menu e verifique os idiomas disponíveis. Caso haja apenas o português de Portugal como opção de língua, o produto, provavelmente, é pirateado. 

Ainda compensa comprar o LG G2? Comente no Fórum do TechTudo.

Selo da Anatel e etiqueta

Se o seu LG G3 tiver sido comprado no Brasil, o gadget deverá apresentar o código de homologação da Anatel, na etiqueta do produto. Nessa mesma parte, há informações sobre número de série, modelo (G3 é D855, G3 Stylus é D690 e G3 Beat é D724), nome da operadora (ou BR, caso seja desbloqueado), CNPJ da LG Eletronics de São Paulo Ltda e IMEI.

LG G3 é um dos celulares com mais cópias falsificadas no mercado (Foto: Lucas Mendes/TechTudo)

IMEI

O IMEI é o código que identifica um celular individualmente, uma espécie de "CPF" dos dispositivos móveis. No Brasil, todos os IMEIs começam por 35, 11 ou 12.

Vale lembrar que um smartphone original importado pode vir com outra numeração. Por isso, a melhor maneira de descobrir as origens do LG G3 é digitar #*06# no discador. Com o código em mãos, procure sites de identificação de IMEI no Google, como o imei.info, digite a sequência numérica e verifique se as informações são as mesmas do seu celular.

Acessórios

Para completar, a caixa do LG G3 original traz, além do próprio aparelho, bateria, fone de ouvido, manual do usuário, cabo de dados e adaptador para carregamento. Um smartphone que não tenha esses acessórios merece grande sinal de alerta. 



>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.