O iPhone se transformou, com o tempo, em uma ferramenta não só para capturar vídeos em alta qualidade, mas também para editá-los sem precisar de um computador. Com o aplicativo certo, é possível cortar, aplicar filtros, transições e efeitos, e tirar o máximo do celular – especialmente do iPhone 6S, que é equipado com 2 GB de RAM e um processador que bate de frente com o de muitos desktops.

Fotos perfeitas? Conheça os cinco melhores editores para Android

Confira uma lista com os cinco melhores editores de vídeo de graça para iPhone e aprimore suas gravações sem gastar nada. 

Conheça cinco aplicativos para editar vídeos no iPhone (Foto: Lucas Mendes/TechTudo)

1) VivaVideo

VivaVideo oferece uma interface amigável para cortar e combinar trechos de gravação em um só vídeo através de uma ferramenta de linha do tempo. O aplicativo ainda conta com opções de adesivos, filtros, temas, transições e fontes de texto que dão ao usuário grande flexibilidade para criar conteúdo original. Também é possível gravar vídeos direto pelo app, aplicando efeitos em tempo real, ou usar clipes para criar apresentações de slides.

VivaVideo é o editor com mais opções de filtros, efeitos e outros recursos (Foto: Divulgação)

Splice

O grande atrativo do Splice está no suporte a múltiplas linhas do tempo, que permite editar mais de um vídeo de uma só vez. Apesar de, à primeira vista, a interface ficar um pouco poluída pelas várias timelines, o app leva o usuário para uma tela separada na hora de editar cada clipe. Nessa seção, é possível adicionar efeitos, cortar trechos específicos ou adicionar textos. Ainda é possível editar a trilha sonora, incluindo narração feita com o microfone do celular.

Splice tem interface agradável e suporte a várias linhas do tempo (Foto: Divulgação)

Cute CUT

O Cute CUT também permite misturar vídeos, fotos e áudio através de múltiplas linhas do tempo. Ele ainda traz algumas opções úteis de efeitos, transições e até velocidade de reprodução, permitindo criar vídeos lentos ou acelerados.

... th="695">Cute CUT não tem o melhor design, mas permite múltiplas timelines (Foto: Divulgação)

Indo além da inserção comum de textos, o app permite desenhar direto na tela. Isso sem falar no controle de transparência e rotação do vídeo. Porém, o vídeo final vem com marca d’água e tem, no máximo, 30 segundos, a não ser que o usuário pague pelo plano premium.

Magisto

Talvez o mais conhecido da lista, o Magisto faz jus à fama pela capacidade de criar vídeos em apenas três etapas simples. Basta abrir o app, escolher um vídeo do rolo da câmera, e selecionar tema e trilha sonora. Em alguns poucos minutos, seu filme estará pronto para assistir e compartilhar, seja em redes sociais ou na plataforma própria do Magisto. Seu ponto fraco está na necessidade de conexão com a Internet, pois a edição não é feita no celular, mas na nuvem do app.

Magisto envia seu vídeo para a nuvem e retorna com ele editado (Foto: Divulgação)

Replay

Similar ao Magisto, o Replay tem a mesma premissa de criar vídeos automaticamente, mas oferece um controle maior ao usuário na hora de cortar trechos. Ele é bem simples de usar e não requer que o vídeo seja transferido para servidores para visualizar a aplicação de efeitos, que podem ser exibidos em tempo real.

Replay gera vídeos automáticos com marca d'água, mas aplica filtros em tempo real (Foto: Divulgação)

Qual é o melhor editor de vídeos de graça? Veja no Fórum do TechTudo. 

Além disso, as gravações originais podem ser importadas do iCloud, Facebook ou Instagram, ou seja não precisam estar salvas no rolo da câmera do celular. O vídeo final sai com uma marca d’água do aplicativo, que pode ser retirada ao comprar a versão paga na App Store.



>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.