Contra é a clássica série de jogos de tiro da Konami, que fizeram sucesso em diversas plataformas. Influente para o gênero, o game também tem histórias muito curiosas e interessantes, além de algumas passagens polêmicas e bizarras. Entre capas copiadas de filmes, mudanças de nome, inovações no mundo dos arcades, inspiração em uma revolução e o lendário Konami Code, o título marcou época e é lembrado com carinho por fãs.

Confira nosso review completo de Metal Gear Solid 5: The Phantom Pain

O TechTudo preparou uma lista que reúne as principais curiosidades sobre a clássica série de plataforma da Konami. Confira:

Veja curiosidades e polêmicas sobre Contra, clássico game de plataforma (Foto: Reprodução/YouTube)

Protagonistas “emprestados” de Alien

Mais do que a temática que remete aos filmes da série Aliens, Contra também pegou emprestado os nomes de personagens das obras cinematográficas dirigidas por James Cameron. Os protagonistas Bill Ritzer e Lance Bean são na verdade uma mistura entre os nomes dos atores do filme, Bill Paxton, Paul Reiser, Lance Henriksen e Michael Biehn.

Nomes dos personagens foram inspirados no filme Aliens (Foto: Reprodução/MentalFloss)

A ascensão do Konami Code

O icônico código da Konami (ou Konami Code, em inglês) é até hoje um dos mais lembrados cheats de todos os tempos, e muito disso se deve a Contra, para NES. Originalmente lançado em Gradius, o código garantia vidas extras no game, que fez muito sucesso e popularizou o cheat.

Nomes dos personagens foram inspirados no filme Aliens (Foto: Reprodução/YouTube)

Gryzor na Europa e Oceania

Por remeter ao escândalo político “Irã-Contras” (Iran-Contra, em inglês), o shooter da Konami terminou tendo seu título alterado no lançamento para Europa e Oceania. Em vez de Contra, o jogo foi batizado de Grayzor.

Nome alternativo apareceu na Europa e Oceania (Foto: Reprodução/YouTube)

Inspirado na Revolução Sandinista

Apesar do enredo recheado de extraterrestres e armas futuristas, o jogo de tiro da Konami faz algumas importantes referências à revolução ocorrida na Nicarágua, onde os rebeldes eram conhecidos como “Contras”. Uma das faixas da trilha sonora do game é chamada “Sandinista”, também lembrando a revolução.

Tela vertical nos arcades

Apesar de pouco convencional, o formato de tela mais vertical dos arcades de Contra foi um sucesso. A explicação da escolha curiosa são as fases “pseudo-3D” do game, onde os jogadores devem controlar os personagens de costas para a tela, por corredores repletos de inimigos.

... x0/s.glbimg.com/po/tt2/f/original/2015/11/04/rcade.jpg" alt="Tela vertical permitia ângulos diferentes no game (Foto: Reprodução/YouTube))" height="526" width="695">Tela vertical permitia ângulos diferentes no game (Foto: Reprodução/YouTube))

Capa copiada

Grande ilustrador da época, Bob Wakelin confessou mais tarde ter se inspirado muito nas artes do filme Predador, estrelado por Arnold Schwarzenegger. Ao reparar na capa do game para NES, é até mesmo possível conferir um personagem com traços muito semelhantes aos do astro austríaco.

Capa continha "inspiração" em ator famoso (Foto: Reprodução/MentalFloss)

Versão portátil bizarra

Muito mais do que as versões originais para NES e Arcade, Contra também podia ser jogado em versões portáteis para lá de bizarras, lançadas também pela Konami. Tratava-se de uma versão muito simplificada, com poucos comandos e uma tela no mínimo modesta.

Versão portátil bizarra também foi lançada pela Konami (Foto: Reprodução/MentalFloss)

Qual é a melhor empresa de jogos? Dê a sua opinião no Fórum do TechTudo.



>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.