O Facebook quer criar um dispositivo de teletransporte até 2025. A ideia é oferecer um serviço que permita ao usuário estar onde e com quem ele quiser a qualquer momento, independente dos limites geográficos. Para atingir isso, em vez de planos mirabolantes de ficção científica, a rede social planeja aprimorar as tecnologias de realidade virtual para que usuários tenham experiências de uso cada vez mais realísticas. Facebook pode lançar aplicativo de realidade virtual, diz site Segundo Mark Schroepfer, um dos funcionários do Facebook que anunciou o projeto no Dublin Web Summit, evento de Internet e tecnologia na Irlanda, a integração da realidade virtual tem como objetivo desenvolver o recurso até que o uso de um acessório, como um Oculus Rift, possa enganar os sentidos do usuário. A ideia é passar a sensação de que a pessoa realmente está em determinado lugar. 
Facebook pretende usar realidade virtual para teletransportar pessoas em 2025 (Foto: Melissa Cruz/TechTudo)
Primeiros passos Em 10 anos, o Facebook tem a perspectiva de fornecer algum tipo de serviço de realidade virtual que permita aos seus usuários experimentar a sensação de visitar e interagir com lugares distantes ou até mesmo inacessíveis. Para chegar nessa meta ambiciosa, a rede social já deu o primeiro passo. A aquisição do projeto Oculus Rift colocou o Facebook em contato com desenvolvedores e deu à rede o controle da tecnologia. Ilusão definida Outros passos do projeto envolvem garantir que durante a simulação o usuário consiga visualizar a si mesmo e a outras pessoas. Segundo Schroepfer, a perspectiva de olhar para baixo e enxergar as próprias pernas é uma das técnicas chave para criar uma ilusão mais definida na mente do usuário com o headset. Em 2016, o Oculus Rift vai ganhar controles que permitem interação com objetos no cenário. No futuro, o óculos terá câmeras e outros sensores para captar expressões e características físicas do usuário que, depois, serão transmitidas ao mundo simulado. Cenários prontos ou personalizados Um detalhe importante para a sensação de teletransporte é garantir que os cenários criados na simulação sejam extremamente realistas. Para isso, o Facebook comprou, no começo de 2015, uma empresa especializada em computação visual para desenvolver tecnologias de captura e reconstrução de ambientes e cenas complexas para a realidade virtual.
Oculus Rift é peça chave no desenvolvimento do teletransporte do Facebook (Foto: Divulgação/Ocu...


>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.